Buenos Aires é um barato e bem barato!

Buenos Aires, uma cidade além do tempo. Pessoas, lugares e arquitetura são indescritíveis. Uma viajem que é possível de se fazer com muito pouco dinheiro.

Vou mostra como viajar barato para Buenos Aires passando dicas durante os posts referente a esta viajem de uma forma simples e divertida, então divirta-se…

Iniciamos nossa viajem pela escolha do voo, o que hoje em dia é uma tarefa bem fácil.

Dica: Nesta viagem nós utilizamos a MaxMilhas para a compra das passagens. O legal da MaxMilhas é que você faz a busca de passagens compradas por milhas, sem a necessidade de ter milhas, e o sistema compara ao preço das companhias aérea.

Ao chegar em Buenos Aires nos hospedamos a primeira noite em um hotel na Av. 9 Julho, pois decidimos que encontraríamos um hostel na manhã seguinte.

Para aproveitar o dia, fomos ao Bairro Recoleta e Buenos Aires já nos recebeu de braços abertos; tango, feira ao ar livre e uma comida muito gostosa. A Recoleta é realmente fantástica e deve ser visitada. Minha sugestão é a utilização dos meios públicos de transporte, como ônibus e metrô (vou explicar mais sobre meios de trasporte em breve), que são baratos e de excelente qualidade. Neste caso nós utilizamos um táxi, uma pena, pois os motoristas em sua maioria não são muito educados.

Buenos Aires tem sua cultura espalhada pelas ruas, em bares, praças e nos artistas de rua que estão sempre presentes.

Caminhe pelo Bairro Recoleta e descubra museus, o cemitério Recoleta, igrejas e monumentos. As ruas não são cenários, se fazem pelo cotidiano das pessoas que por lá vivem. A feira aos domingos alegra a cidade e tem um artesanato de muita beleza e qualidade.

Um dia inesquecível que finalizamos com um evento de Fileteados que estava ocorrendo em frente ao hotel. O Fileteado é um forma de pintura a mão livre que marca a cultura argentina com cores e alegria.

Buenos Aires: continua…

Dan Oak
Deixe seu comentário!