Um paraíso francês chamado Calanque D’en Vau

Mais um dia 15 chegou e aqui estou eu trazendo pra vocês um pouquinho das minhas descobertas e experiências por esse nosso mundão!

Pra quem ainda não me conhece, eu sou a Raquel Furtado, fundadora do blog VamosPraOnde.com. Eu viajo com bastante frequência há mais de 10 anos, já visitei mais de 30 países, morei em 3 e já explorei muitos lugarzinhos incríveis pouco conhecidos por brasileiros. Não à toa, essa paixão por viajar acabou se tornando minha profissão! Então podem confiar em mim: por aqui vou compartilhar dicas preciosíssimas com vocês. Nosso encontro acontece todo dia 15!

O post de hoje é sobre a Europa. O velho continente reúne praias lindíssimas e super famosas em Portugal, na Espanha, na Itália, na Croácia e claro, na Grécia. Mas o sul da França também não deixa a desejar – e guarda ainda um segredinho chamado Cassis.

Cassis é uma cidade bem pequenininha, praticamente uma vila, localizada a aproximadamente 30 minutos de carro desde Marseille. Ela é uma cidade portuária com ótimos restaurantes – mas o que fez eu me apaixonar por ela foram os calanques, principalmente o Calanque D’en Vau.

Calanque D’en Vau é uma das praias mais incríveis que já vi! Tudo ali impressiona: a trilha pelas pedras, as vistas incríveis do alto do Calanque, a cor da água. O único porém é que a praia é de pedrinha (então prepare um “beach shoes” ou o chinelinho, porque andar até a água descalço não é muito confortável).

raquel-calanque-vista

Chegar em Calanque D’en Vau também não é tão simples, mas vale todo o esforço.

Existem duas formas de chegar até a praia: uma é seguindo pela trilha vermelha, um caminho mais fácil, menos íngreme; e a outra é seguindo pela trilha azul, a nossa preferida, pois garante as vistas do alto do Calanque. O ideal é ir pela azul e voltar pela vermelha!

Explico: Cassis tem 3 Calanques: Port Miou, Port Pin e D’en Vau. Os três estão ligados por trilhas.

A Caminhada para os Calanques começa em Port Miou (um Calanque que é praticamente um porto cheio de barcos, ninguém para por lá pra nadar). De lá até Port Pin são 1,5km de subidas e descidas entre pedras. É super importante fazer a trilha de tênis, ok? No caminho você já vai se apaixonar por Cassis – as vistas são lindas! Mas ainda tem muita coisa pra ver até o calanque final!

Chegando em Port Pin você entende a beleza das praias dos Calanques! Port Pin é bem pequenina mas super bonita! Vale dar um mergulho rápido durante a trilha pra se refrescar.

calanque-den-vau-cassis-praia

De lá, saem duas trilhas para D’en Vau: a vermelha e a azul. Para conseguirem as lindas vistas do alto dos Calanques, peguem a trilha azul!

De lá até o mirante são 2,8km! A beleza é surreal!!

As subidas são intensas mas nada muito complicado ou desgastante! Aproveite para fazer um lanchinho e beber muita água!

A trilha é bem demarcada com riscos azuis nas pedras. Se atente a eles, ok? Haverá um momento em que você vai descer muito, muito mesmo. Essa parte exige mais equilíbrio e cuidado! Não tenha pressa! Você está quase chegando! De Port Pin até a praia de D’en Vau são 4,3km!

É até difícil dizer o que é mais bonito: a praia lá de baixo ou a vista do mirante! Mas que é muito recompensador mergulhar naquela água linda depois de toda a caminhada, isso é!!

Leve um beach shoes, uma boia, uma toalha grossa ou esteira (para ficar mais confortável deitar nas pedrinhas) e aproveite esse pedacinho de paraíso francês! Na volta, a subida é intensa!!! Mas depois que ela acaba, siga pela trilha vermelha que rapidinho você chegará em Port Pin! Vale até mais um mergulho por lá!

Eu já fui duas vezes a Cassis e poderia ir muitas mais, mas é importante dizer que a vilazinha não tem muita atração, nem muita beleza, pra ser sincera. Ela é charmosa e aconchegante, mas não precisamos de mais de 2 dias inteiros para conhecê-la bem. A atração principal é realmente o calanque. O legal dessa região, entretanto, é que ela reúne várias maravilhas bem pertinho, então você pode fazer uma roadtrip super gostosa por lá, passando por Moustiers Sainte Marie, Lac de Saint Croix, Gorges du Verdon, Ilha de Porquerolles ou até ir para o outro lado, visitando Nice,
Cannes e até mesmo Mônaco.

Espero que tenham gostado da dica! Nos vemos no próximo mês!

Raquel Furtado
Deixe seu comentário!