5 cidades brasileiras que vão fazer você se sentir na Europa

O sonho de muita gente é viajar para a Europa e conhecer o palácio de Westminster em Londres, ver a Torre Eiffel de pertinho em Paris, tirar fotos no coliseu em Roma ou caminhar pelos canais de Amsterdã. Se você também tem esse desejo mas ainda não pode realizá-lo, há algumas alternativas de destinos aqui no Brasil que podem fazer com que você se sinta na Europa.

Conheça algumas delas!

1 – Campos do Jordão (SP)

O município de Campos do Jordão está localizado na Serra da Mantiqueira, no interior do estado de São Paulo e perto da divisa com o estado do Rio de Janeiro. A cidade atrai muitos turistas que viajam até lá em busca, principalmente, do clima ameno, da boa gastronomia, das opções de lazer e do contato com a natureza. Conhecida como a “Suíça no Brasil”, a cidade possui alguns elementos arquitetônicos que lembram os alpes suíços e casam muito bem com o cenário de serra da geografia do local.

2 – Centro Histórico de Olinda (PE)

Basta uma passada rápida pelas ladeiras do centro histórico de Olinda para você sentir que está andando em uma ruazinha portuguesa de séculos passados. Com construções que datam do século XVI, a cidade preserva muito da sua arquitetura original espalhada pelas sete colinas. É impossível não reparar nas diversas igrejas do local, que dividem espaço com casas baixas, calçadas curtas e ruas estreitas. A cidade acolhe com muito gosto os visitantes que viajam até lá o ano inteiro para sentir de perto os ares portugueses do local e apreciar a vista de cima do topo da colina mais alta.

3 – Bento Gonçalves (RS)

A cidade de Bento Gonçalves, juntamente com Garibaldi, Caxias do Sul e demais municípios da Serra Gaúcha, foi o destino de cerca de 90 mil imigrantes italianos que vieram para o Brasil no final do século XIX. A cultura trazida por esse povo foi preservada e integrada ao modo como vivem, o que fez com que a região, beneficiada pelo clima propício, se tornasse uma grande produtora de vinhos. Quem vai a Bento Gonçalves hoje pode visitar as 13 vinícolas da cidade, apreciar a arquitetura em estilo italiano e, principalmente, saborear as delícias da gastronomia local.

4 – Blumenau (SC)

Situada a 140 km de Florianópolis, a cidade de Blumenau preserva muitas das características da cultura dos imigrantes alemães que povoaram a região. A influência germânica na cultura e na história da cidade faz com que o turismo seja movido por esse interesse, o que funciona como motivação para a realização dos eventos que marcam a cidade anualmente, como a Oktoberfest, a Sommerfest e a Festitália. Além dessas atrações, Blumenau também possui muitos prédios que seguem a arquitetura germânica, oferece pratos típicos da culinária alemã e preserva o dialeto alemão trazido por seus acentrais, ainda falado por algumas famílias.

5 – Holambra (SP)

Conhecida como “a cidade mais holandesa do Brasil” e também como a “capital nacional das flores”, Holambra é uma cidade do interior do estado de São Paulo que foi construída pelos imigrantes holandeses que chegaram, investiram em agricultura e deixaram sua cultura como herança. A cidade até hoje respira ares holandeses, que podem ser vistos na arquitetura, na cultura, na gastronomia e no modo de viver da população.

Você já visitou alguma destas cidades? Qual é a sua preferida? Deixe um comentário!

Deixe seu comentário!