As belezas de Machu Picchu

Você sabia que o sítio arqueológico de Machu Picchu, descoberto no século XX, foi eleito como uma das sete maravilhas do mundo moderno? A gente te conta tudo para você fazer esse passeio incrível.

Acompanhe dicas de como chegar a Machu Picchu, quais são as principais atrações e a melhor época do ano para o turismo na região. Vamos lá?

Como chegar a Machu Picchu?

Basicamente, o turista pode chegar de três formas a Machu Picchu: trem, trilhas ou ônibus + caminhada. Confira detalhes sobre as três opções:

Viagem de trem

Viajar de trem é a forma mais prática, fácil e ágil para visitar cidade, além de ser a opção mais usada entre as pessoas que visitam Machu Picchu. Para chegar a ela, é necessário pegar o trem até Machu Picchu Pueblo, destino conhecido como Aguas Calientes, e de lá pegar um ônibus até a entrada do parque. Você pode organizar seu passeio da melhor forma, pois existem vários horários durante o dia.

Se decidir por viajar de trem, pode comprar o “pacote” pronto em alguma agência de Cusco ou organizar tudo por conta própria. Você pode sair de Cusco no primeiro horário de trem, visitar as ruínas e voltar no mesmo dia; ou pode pegar o trem na noite anterior, dormir em Aguas Calientes, visitar Machu Picchu no dia seguinte e voltar a Cusco de noite.

Uma dica de percurso é pegar o trem na estação de Ollamtaytambo e aproveitar para conhecer o sítio arqueológico e a vila – considerada a única inca ainda viva.

Trilhas

Para diversos turistas, o auge de conhecer a cidade é a fazendo a trilha Inca. Normalmente, são quatro dias andando por diversos outros sítios arqueológicos antes do destino final.

Você não precisa ser um montanhista experiente para fazer a trilha, mas isso não significa que ela tenha um baixo nível de dificuldade, principalmente devido à altitude. Além da Trilha Inca – Camino Inca, em espanhol – existem as alternativas que também terminam em Machu Picchu. Todas elas partem de Cusco em um transporte que deixa os participantes em algum ponto de onde eles caminharão um determinado trecho diário, entre um acampamento e outro. Em algumas trilhas, se dorme em pequenas pousadas familiares e em outras em barracas de camping.

Ônibus e caminhada

Apesar de ser a opção mais barata, não é a mais fácil. Para ir de ônibus você pode comprar o pacote em uma das agências em Cusco. A dica é pegar um ônibus em Cusco até um ponto da linha de trem chamado Hidroelétrica. Dali para frente não há estradas para chegar até Águas Calientes. Por isto, você precisa fazer uma caminhada de 3 horas até o povoado. É uma opção mais curta para os que querem caminhar, mas não necessariamente fazer a trilha inca. Você dorme no povoado e vai para Machu Picchu de ônibus no dia seguinte.

Quais são as principais atrações de Machu Picchu?

Na zona agrícola, logo no início do passeio, não perca a oportunidade de observar a vista panorâmica mais conhecida da cidade. Na sequência, passando pela porta principal e chegando à zona urbana, observe o encaixe das pedras, além da acústica perfeita dos nichos nas paredes.

Siga e faça uma parada na Praça dos Templos e, posteriormente, no Templo Principal, formado por pedras grandiosas. O Templo Principal passou por abalos sísmicos, mas é um dos pontos mais importantes de Machu Picchu. Adiante, dê uma olhada no Templo do Sol e pelo setor da Rocha Sagrada, que apresenta o horizonte das montanhas. Após passar por ele, lembre-se da imagem panorâmica que se tem na entrada no sítio. Nas fotos mais famosas de Machu Picchu é possível notar uma montanha íngreme ao fundo, não é mesmo? Ela se chama Huayna Picchu e está a 2720 metros acima no nível do mar.

 

Aos visitantes, também é permitida a subida até o alto dessa montanha, mas as entradas são limitadas em dois grupos diários de 200 pessoas, que fazem o percurso sempre pela parte da manhã. Na subida e descida são gastas, aproximadamente, três horas.

Dicas para aproveitar melhor o passeio

A melhor hora do dia para iniciar os passeios é na parte da manhã, pois o sol é mais ameno e a cidade está mais vazia. Também é recomendável contar com os serviços de um guia para você ficar por dentro de todo o potencial do povo inca, curiosidades e detalhes sobre as construções.

Quatro horas é o tempo suficiente para conhecer bem o sítio arqueológico.
Antes de entrar no parque, pegue um mapa na recepção, pois nele há várias informações que ajudam você a se localizar. Na volta do passeio, vá até a recepção novamente para receber no passaporte um carimbo de Machu Picchu. Não se esqueça de levar água e um lanche, se for ficar muito tempo por lá. O restaurante e a lanchonete próximos do parque custam caro.

Qual a melhor época do ano para praticar turismo na região?

A melhor época durante o ano para praticar turismo em Machu Picchu é a seca, que vai de abril até outubro. Nos outros meses são comuns as chuvas e possíveis alagamentos. Confira mais dicas:

  • Para visitar o Peru não é necessário visto;
  • Em Lima, Cusco e na cidade perdida, a língua nativa é o espanhol e quéchua (dialeto nativo);
  • A moeda local é o Nuevo Sol;
  • É necessário o Certificado Internacional de Vacinação contra febre amarela para entrar no país. Recomenda-se que ela seja tomada pelo menos dez dias antes da viagem.

Já conhecia essas atrações? Então, você pode fazer esse passeio com muito mais economia comprando suas passagens com a gente. Acesse MaxMilhas e boa viagem. 

 

Deixe seu comentário!