6 dicas para não ter a sua mala extraviada em sua viagem

A bag at the airport

Uma das maiores dores de cabeça de todo viajante é ter sua mala extraviada. Você se programa, separa suas roupas de acordo com o número de dias da viagem, os sapatos e meias, produtos pessoais e de higiene, arruma a mala e quando chega ao destino: surpresa! Não há nem sinal dela por ali. Na maioria das vezes, não cabe ao cliente fazer muita coisa: o problema está relacionado às questões operacionais da empresa e/ou do aeroporto. Porém, existem algumas dicas que você pode seguir para reduzir as chances de ter essa dor de cabeça justamente quando você está indo descansar ou apenas quer sair o quanto antes do desembarque e de toda aquela burocracia dos aeroportos.  Quer descobrir quais são as atitudes que você precisa adotar para reduzir as chances da sua mala extraviar na sua viagem? Confira a seguir:

Faça o check-in com antecedência

Quando possível, evite fazer o check-in muito próximo do horário de embarque. Você precisa de tempo para realizar todo o procedimento corretamente e a pressa pode contribuir para prejudicá-lo. Durante o processo, cheque se a sua mala foi etiquetada pelo atendente de maneira adequada para o seu destino derradeiro. Fique ligado e calmo, assim você evita confusões.

Fique de olho nas conexões

Quando possível, voe apenas por uma companhia ou, pelo menos, naquelas que possuem aliança com a empresa responsável pelo voo anterior. Quando você altera as empresas, aumenta muito os riscos de ter sua bagagem extraviada no processo de troca. É recomendável também evitar conexões domésticas com menos de uma hora de diferença e internacionais com menos de duas horas e meia.

Retire todas as etiquetas de voos antigos

Pode parecer óbvio, mas muitas pessoas vão acumulando etiquetas de viagens anteriores na mala. Você deve retirar as antigas e sempre conferir a pesagem e a etiquetagem de suas malas. Isso evita qualquer tipo de confusão e deixa instruções bem óbvias para quem vai lidar com suas bagagens.

Identifique sua mala

O ideal é que você coloque uma tag ou um cartão de visitas contendo o seu nome, seu endereço e preferencialmente telefone de contato durante a viagem e e-mail. A letra deve ser legível e as informações devem ficar tanto do lado de fora e quanto do lado de dentro da mala (caso a tag seja arrancada).

Utilize sempre cadeados

Essa é uma bela tática para desanimar alguém a mexer ou roubar seus pertences. Se você estiver indo para os EUA, use modelo aprovado pelo TSA, por ser mais seguro.

Faça da sua mala um artigo único

Não tenha vergonha quanto a isso. Diferencie sua mala de todas as formas que puder dos modelos mais tradicionais e comuns. Coloque adesivos coloridos, uma tag e até lenços ou identificadores próprios valem a pena. Quando a mala é preta ou marrom e não chama a atenção em nada, é muito mais fácil que confusões sejam feitas e você acabe sem seus pertences ao chegar a seu destino final.

Com essas atitudes, as chances de você perder sua mala são muito menores. Quem viaja quer viver momentos agradáveis e inesquecíveis. Evite ter dor de cabeça logo no desembarque: siga essas dicas!

 

Deixe seu comentário!