7 cidades brasileiras que são a cara de outros países

Tem regiões brasileiras com características europeias, outras que parecem ter parado no tempo, outras tantas com belezas únicas! Gostou da ideia? Escolhemos 7 cidades brasileiras que vão fazer você se sentir em outros países. Vamos lá?

1. A ”Holanda” de São Paulo – Holambra

Quer conhecer um lugar que é a cara da Holanda e, ainda por cima, é referência no cultivo de flores? Holambra é o destino certo! Na pequena cidade do interior de São Paulo, você encontra um símbolo holandês: o maior moinho da América Latina. A influência holandesa aparece também na arquitetura e em restaurantes e docerias. Os turistas podem aproveitar as floriculturas e propriedades abertas para visitação durante todo o ano e a Expoflora, megaevento anual realizado em setembro.

2. A viagem pelo tempo de Alcântara, no Maranhão

Alcântara possui um conjunto de mais de 300 construções coloniais, muitas delas em ruínas, e é conhecida como “a cidade que parou no tempo”. Algumas antigas residências que pertenceram aos barões ainda exibem marcas da ostentação, como sacadas de ferro, mirantes e azulejos trazidos de Portugal.

3. A dupla cultura de Olinda, em Pernambuco 

O ano de 1537 foi marcado pela fundação de Olinda pelos portugueses. No século seguinte, a cidade foi ocupada pelos holandeses (de 1630 a 1654) e, só então, resgatada pelos portugueses. O centro histórico tem aproximadamente 70 hectares e está sobre 7 colinas. Olinda fica a 6 km de Recife, capital pernambucana, e possui muitas referências das duas culturas dominantes em sua história, a portuguesa e a holandesa.

4. A colonial Mariana, em Minas Gerais 

O município de Mariana foi a primeira vila de Minas Gerais, a cidade mais rica do Ciclo do Ouro e ainda a primeira capital mineira. Com o passar dos anos, a cidade perdeu espaço para Ouro Preto, mas ainda atrai muitos turistas graças ao estilo colonial, às igrejas e aos artesãos.

5. A Alemanha do Rio Grande do Sul

O nome Novo Hamburgo é uma homenagem à cidade de Hamburgo, na Alemanha. A partir daí, já dá para imaginar com que região europeia ela se parece, né? A cidade, com maior parte da população composta por descendentes europeus, apresenta interessantes exemplares do modernismo, principalmente as residências construídas a partir das décadas de 1950-1960.

6. Gramado: a Suíça brasileira

As baixas temperaturas e a arquitetura europeia proporcionam à cidade, também conhecida como a “Suíça brasileira”, um ar ainda mais bucólico. Gramado é muito procurada para o turismo, principalmente no final do ano, graças às tradicionais atrações natalinas.

7. A Finlândia do Rio de Janeiro

A cidade de Penedo é também conhecida como a “Finlândia Brasileira”, e essa notoriedade não é por acaso: a região é a principal colônia finlandesa do Brasil fora do sul do país e essas referências refletem na arquitetura da cidade, caracterizada por casinhas coloridas e muitas flores. A região também abriga a Casa do Papai Noel, muitas fábricas de chocolates e tem a vegetação predominada por araucárias.

Gostou? É uma boa inspiração para traçar um novo roteiro, né? Qual tal começar a planejar sua viagem buscando passagens aéreas econômicas? Voe com a gente. 😉 

 

Comentários

Deixe um Comentário