Você sabia que a Antártida também tem turismo?

Por muitos e muitos anos as belezas naturais e geladas da Antártida (e suas condições climáticas imprevisíveis) foram exclusividade de exploradores e navegadores do porte de Shackleton, Thomas Cook, James Ross Clark e Roald Amundsen. Hoje, no entanto, icebergs, colônias de pinguins-imperador e enormes focas-elefante estão ao alcance dos turistas com espírito aventureiro. Você faz parte desse time? Então, este post é seu.

Quando viajar para a Antártida?

Como já esperado pelo rigor das temperaturas no extremo do planeta, a época mais indicada para conhecer a região é o verão, pois nesta estação os dias chegam a durar mais de vinte horas e as temperaturas são menos congelantes. Só para se ter uma ideia, o frio da Antártida é tão intenso que qualquer vestígio de umidade corre o perigo de solidificar imediatamente, pois lá é a região mais seca dos cinco continentes.

O que levar na mala de viagem?

É imprescindível levar roupas mais pesadas que suportem o frio e também uma boa câmera fotográfica. Dizem que quem conhece o inverno europeu pode suportar facilmente a temperatura no verão com máximas de -12,2 °C. Realmente, não é para qualquer pessoa.

De qualquer maneira, as roupas que você for usar para a prática de esportes na neve precisam ser muito adequadas. As botas especiais são, na maioria dos casos, fornecidas no próprio navio, mas devem ser reservadas com determinada antecedência.

Atrações turísticas

As agências que trabalham com esse tipo de viagem fazem suas expedições de novembro a abril, quando as temperaturas são mais adequadas para o corpo humano. E a maioria dos pacotes de viagem para a Antártida possui, no roteiro, passagens pela Ilha Geórgia do Sul, antigo porto de baleeiros escandinavos, com suas impressionantes cadeias de montanhas, e as disputadas Ilhas Malvinas.

Existem, também, agências que realizam acampamentos em solo gelado. Mas a notícia não muito boa que é que não é possível ficar mais do que uma noite no local devido às condições climáticas. Mesmo assim, para o turista que está em busca de aventura, a experiência é gratificante.

Outra atração do extremo sul do planeta é observar a vida local – como as focas, os pinguins e as aves marinhas que se reproduzem em meados de abril.

E não se esqueça de que, devido às condições de clima da Antártida, muitos passeios podem ser cancelados por motivos de segurança seja por ondas gigantes ou vento e frio extremo, por exemplo. Mantenha-se também seguro, pois possíveis resgates na região são sempre feitos em condições difíceis. Apesar de ser um destino possível, a Antártida não é para turistas de primeira viagem.

Como chegar?

A maioria das excursões sai dos portos de Ushuaia, na Argentina, e Punta Arenas, no Chile. Com a ajuda das condições do clima, é possível chegar à península Antártida em menos de dois dias. Nesse lugar, é possível ter uma excelente ideia dos encantos da região, que vão de termas vulcânicas a simpáticos pinguins, de focas tomando sol à desoladora beleza do gelo.

E você? O que acha da Antártida? Teria coragem? Conte com a gente para passagens aéreas mais econômicas para Argentina ou Chile. 😉 

 

Comentários

Deixe um Comentário