O que fazer em Goiânia: passeios e pontos turísticos

Assim como outras cidades brasileiras, Goiânia foi projetada por um arquiteto. Em parte, isso explica a valorização das áreas verdes e os prédios que seguem os princípios estéticos do art déco.

O resultado é uma cidade absolutamente apaixonante, que merece muito mais reconhecimento do que tem em âmbito nacional e é uma boa pedida para aquelas viagens que nos fazem descobrir mais do nosso país.

Então, veja alguns lugares e saiba o que fazer em Goiânia na sua próxima viagem!

Monumento às três raças

Considerado o principal símbolo de Goiânia, esse monumento, projetado pela artista plástica Neusa Moraes, simboliza a miscigenação entre brancos, negros e índios, bem como suas respectivas contribuições para a cultura goiana. A obra fica na Praça Doutor Pedro Ludovico Teixeira, que também abriga a sede do governo de Goiás.

Painéis da via sacra

Quem tem interesse em turismo religioso precisa conhecer Goiânia! Os painéis da via sacra representam um dos principais atrativos da cidade. Criações do artista plástico Omar Souto, as 14 telas se estendem por 16 km na Rodovia dos Romeiros, retratando os principais momentos da paixão de Cristo e formando uma grande galeria a céu aberto.

Museu Estadual Professor Zoroastro Artiaga

A fachada em art-déco chama a atenção de qualquer um, mas o acervo do Museu Zoroastro Artiaga não fica nada atrás. Basicamente, a instituição se divide em três grandes áreas: história, arte e exposições temporárias. Por lá, você pode conhecer um pouco mais sobre o estado de Goiás, desde a sua formação geológica até seus principais artistas.

Parque dos Buritis

É impossível passar por Goiânia sem conhecer ao menos um de seus parques! E o Parque dos Buritis é uma excelente opção para quem não tem muito tempo disponível. Localizado no setor oeste da cidade, esse patrimônio paisagístico abriga o Monumento à Paz e conta com três belíssimos lagos artificiais, sendo que um deles tem o maior jato d’água da América do Sul.

Parque Vaca Brava

Outra boa opção para quem busca contato com a natureza é o Parque Vaca Brava, que é considerado um dos mais bonitos de toda a cidade. São nada menos de 80.000 km² de área verde, que convidam ao descanso, à prática de atividades físicas e a gostosos piqueniques em família. Também conta com um belíssimo lago, onde é possível observar diferentes tipos de aves.

Feira Cora Coralina

Você sabia que, além de poetisa, Cora Coralina era uma doceira de mão cheia? Em Goiânia, esse é um fato amplamente conhecido e homenageado em uma feirinha de rua inteiramente dedicada às guloseimas típicas do estado de Goiás! A Feira Cora Coralina acontece aos sábados na tradicional Rua do Lazer, bem no centro da cidade.

Feira Hippie

Já aos domingos, uma boa pedida é conhecer a Feira Hippie. Ela toma corpo na antiga estação ferroviária, um ponto de grande importância histórica para a cidade. São mais de 6 mil barraquinhas – que fazem dela a maior feira da América do Sul, então dá para encontrar um pouco de tudo por lá: comidinhas típicas, artesanato, vestuário…

Centro Cultural Oscar Niemeyer

Esse complexo de espaços culturais conta com exposições, feiras e concertos que animam Goiânia nos finais de semana! A variedade é tanta que há atividades para todos os membros da família.

Um dos principais atrativos do centro cultural é o Museu de Arte Contemporânea. Ele abriga três galerias de arte, sendo que duas delas prestam homenagem a artistas que projetaram Goiás nacionalmente: D. J. Oliveira e Cléber Gouvêa.

Museu Estadual Professor Zoroastro Artiaga

Localizado junto à Praça Cívica – considerada o marco inicial de Goiânia –, esse museu carrega o nome do seu primeiro diretor e respeita a visão que ele tinha a respeito do acervo. Por isso, é bem eclético!

Vale a pena acessar o site oficial da Prefeitura Municipal de Goiânia e escolher quais são as suas favoritas antes de fazer uma visita. Algumas das opções disponíveis são artefatos indígenas, arte sacra e Revolução Industrial.

Feira do Cerrado

Que tal um programa delicioso para a sua manhã de domingo em Goiânia? Próxima ao Parque Flamboyant e ao Estádio Serra Dourada, a Feira do Cerrado tem tudo para agradar você.

Atualmente, mais de 150 expositores vendem produtos típicos do estado de Goiás, como artesanato e comidinhas. Não deixe de experimentar o biscoito de polvilho frito, as paçocas e as balas de coco.

Memorial do Cerrado

Esse espaço de exposições situado no Campus II da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Goiás já foi considerado o lugar mais bonito de Goiânia e não pode ficar de fora de um roteiro de fim de semana na cidade!

As principais atrações são as réplicas em tamanho original de uma aldeia indígena, de povoados coloniais portugueses e de quilombos. O Museu de História Natural e a trilha ecológica também são bem interessantes.

Jardim Botânico

Goiânia é conhecida como Capital da Primavera pela quantidade de áreas verdes que possui. Com uma área quadrada de 1 milhão de metros, o Jardim Botânico da cidade contribui de forma significativa para esse apelido!

Ainda que outros parques sejam mais conhecidos e frequentados atualmente, há um esforço da prefeitura em torná-lo popular outra vez. O Jardim Botânico oferece pistas, espaço para apresentações e borboletário.

Setores Bueno e Marista

Quem não dispensa um bom programa noturno precisa visitar os setores Marista e Bueno, que são os bairros mais queridos de Goiânia e concentram as melhores opções de bares, restaurantes e baladas da cidade.

O setor Bueno é um dos mais modernos e atraentes da capital, com estabelecimentos de todo o tipo. Por sua vez, o Marista é mais tradicional e glamouroso, com destaque para o chamado Quadrilátero Gourmet (Rua 146).

Com tantas opções, que tal explorar os vários pontos da capital de Goiás? Na MaxMilhas, você encontra as passagens mais baratas para Goiânia! Acesse nosso site e aproveite o destino agora mesmo.

Deixe um Comentário