3 profissões para você trabalhar viajando pelo mundo

Tudo pronto para trazer na mala boas histórias, experiências e, se você economizar, até mesmo uma graninha? Então, vamos lá! Separamos 4 dicas para você viajar trabalhando por aí. Acompanhe:

1. Tripulação de voo

Vários cartões-postais certamente estarão no roteiro e o seu café da manhã pode ser em países onde nunca imaginou estar. Porém, você deve se preparar para lidar com a pressão, que não é somente a atmosférica.

Talvez a função de tripulador de voo seja a mais lembrada quando falamos em profissões que permitem trabalhar viajando pelo mundo. Afinal, que outra maneira mais interessante de juntar trabalho e viagem se não sendo comissário(a) de bordo? Os integrantes da tripulação iniciam a carreira com um salário considerado razoável para os padrões brasileiros. Mais experiência e horas de voo podem fazer um comissário internacional ganhar mais do que o dobro do salário inicial.

Além do cuidar do bem-estar do passageiro, o comissário de bordo é responsável pela segurança do voo. Revisa fechamento de portas, cintos e tem de estar preparado para lidar com comportamentos diversos. Por isso, exige muita disciplina e preparo do profissional.

2. Tripulação de cruzeiro

Se você tem paixão pelas águas salgadas e está preparado para passar mais tempo em maré alta do que em terra firme, pode recorrer às várias profissões disponíveis para a tribulação de cruzeiro e ainda viajará trabalhando pelo mundo.

Apesar de a atividade ser pesada, quem já passou pela experiência garante que o esforço vale a pena. Entre as profissões disponíveis para a tripulação de cruzeiro, podemos citar os recepcionistas, os profissionais responsáveis pelo entretenimento dos passageiros, garçons, bartenders, arrumadores de quarto, funcionários de limpeza, entre outros. Outra boa notícia é que os salários podem render muito devido ao tempo que os profissionais passam embarcados, sem as habituais contas a pagar, como, por exemplo, aluguel e contas de energia, água e gás.

3. Voluntariado

O perfil de quem escolhe o trabalho voluntário é quase sempre ligado às pessoas que pretendem conquistar mais experiência do que dinheiro, pois esse tipo de ocupação não é remunerada. No entanto, elas recebem, sim, algo muito valioso: a oportunidade de conhecer pessoas, lugares, culturas diferentes e princialmente escrever novas histórias.

São muitas as alternativas e os destinos. Basta escolher o que fazer e onde realizar. Você pode ir para algum país da África ou da América Central contribuir na educação de crianças, por exemplo, ou trabalhar em hortas biológicas na Holanda.

Existem muitos sites para se candidatar, mas o GO Abroad é um dos mais confiáveis e com alta credibilidade quando o assunto é voluntariado. Consulte os programas disponíveis e veja como se candidatar.

Ficou com vontade de trabalhar viajando pelo mundo? A gente te entende. 😉 Quer mais dicas como essa? Acompanhe a nossa página no Facebook. Vem, gente!

 

Comentários

Deixe um Comentário