5 mitos sobre viagens de mochilão

Colocar uma mochila nas costas e se jogar no mundo é o sonho de muita gente – em especial daqueles que não têm medo de aventuras e que encaram de braços abertos todas as experiências. Viajar como um típico mochileiro é algo que abre a mente e nos faz ver o mundo de outra forma. No entanto, ainda há quem não se aventura porque tem medo de alguns mitos que rodeiam esse tipo de viagem. Preparamos este artigo para dar um empurrãozinho na sua coragem.

Desmistificamos algumas lendas sobre “mochilar” por aí. Vem com a gente?

5 mitos sobre os mochilões

Mito 1 – Só pode fazer mochilão quem é jovem

Há quem associe este tipo de viagem a um público mais novo e pensa que, por isso, ser mochleiro é algo que está fora do seu alcance. No entanto, um dos únicos motivos que fazem com que essa modalidade de viagem seja bastante procurada por um público mais jovem é porque tem custo mais baixo. Ou seja, permite viajar por mais tempo e gastando menos. Nada tem a ver com idade. Basta ter a mente aberta para novas experiências. <3

Mito 2 – Você só pode ir acompanhado

A essência de um backpacking é conhecer não apenas lugares, mas pessoas ao longo do caminho. Você não precisa partir acompanhado porque tem medo de se sentir sozinho durante a viagem. Na verdade, é até melhor ir sozinho do que com alguém que não tem os mesmos interesses que você. Por isso, vá sem medo e aberto a conhecer pessoas interessantes ao longo do caminho (e veja aqui algumas dicas para quem viaja sozinho).

Mito 3 – Você precisa ter muito dinheiro

A não ser que você queira ficar hospedado em hotéis de luxo, comer nos restaurantes mais caros e andar só de táxi, viajar não precisa ser caro. “Mochilar” é abrir mão de alguns gastos para dar espaço a experiências mais autênticas de viagem, que permitem ver e sentir o local de destino sob um ponto de vista mais real. Hospede-se em um hostel (sim, existem hostels super confortáveis!), faça couchsurfing, coma onde os locais comem, viaje de ônibus e planeje tudo com muito cuidado e antecedência. Dessa forma, você vai ver que não precisa gastar muito (mais dicas sobre viajar barato aqui).

Mito 4 – Não é seguro

Um dos motivos que fazem muita gente desistir de um mochilão é o medo da insegurança. No entanto, esta é uma questão muito relativa e que pode ser contornada com algumas medidas: não viaje para países que estão em guerra, evite andar sozinho à noite em locais considerados inseguros, pesquise sobre a criminalidade do local para onde você está indo e tome cuidado com seus pertences em qualquer lugar do mundo.

Não sei deixe levar somente pelo que a mídia diz. Afinal de contas, a segurança de um local ou um dia de paz nunca vira notícia. Quando você viajar, vai recuperar a sua fé na humanidade e ver por si mesmo que as coisas não são tão ruins assim como pintam por aí.

Mito 5 – Vai ser divertido o tempo todo

Viajar é maravilhoso, mas no meio do caminho é normal que surjam alguns percalços com que você terá que lidar e que provavelmente não serão muito divertidos. Mas eles fazem parte do processo de aprender a resolver problemas com o que temos nas mãos naquele momento. Seja solidão, seja impossibilidade de contato com a família, um ônibus perdido ou uma noite passada dormindo no aeroporto, lembre-se que estas experiências ajudam a crescer e que, no restante do tempo, é muito provável que você aproveite tudo que cada lugar tem a oferecer.

Sonha em fazer um mochilão? Então, vem! Busque pelo seu destino e tire do papel essa aventura. 

Comentários

Deixe um Comentário