Como viajar sem gastar muito dinheiro?

Muitas pessoas sonham em viajar pelo mundo ou quem sabe até pelo próprio país, mas acabam desistindo da ideia por acreditar que os gastos são muito elevados e que viajar sem ter muito dinheiro é impossível. Você é uma delas? Então, a gente tem uma boa notícia para você. 😉 Não é necessário ter muita grana para viajar com tranquilidade. Pode acreditar: basta ter criatividade e disposição. Quer outra boa notícia? A gente listou algumas dicas para dar um empurrãozinho.

É claro que você precisará de uma quantia inicial para custear as despesas básicas de toda viagem, principalmente se for para fora do país, mas a ideia de economizar durante a viagem é totalmente possível.  Vamos juntos?

O que é preciso para viajar pelo mundo sem muita grana?

  • Mente aberta – para viver novas experiências.
  • Coragem – para encarar novos desafios.
  • Tempo livre – pois é impossível viajar por muitas cidades e países em um curto período de tempo sem levantar mais dinheiro.
  • Desapego – para sair de sua zona de conforto e não sentir falta das facilidades de sua casa.
  • Dinheiro inicial – para tirar passaporte, visto, equipamento que você utilizará nas viagens, passagens aéreas, seguro-saúde, emergências, alimentação etc.
  • Pesquisa e roteiro – encarar uma empreitada deste nível sem qualquer conhecimento prévio sobre o local pode ser arriscado e, claro, você precisa de um roteiro como base.
  • Força de vontade – Viajar quase sem dinheiro irá exigir que você saiba realmente economizar ou tenha que se virar arranjando alguns “bicos”, mesmo nas férias, para conseguir o dinheiro necessário para cobrir as suas despesas.
  • Inglês na manga – Ter ao menos conhecimento intermediário da língua inglesa é o ideal. Sabendo inglês, é possível se comunicar em muitos países e pode facilitar muito as coisas.

Quais serão suas principais despesas?

  • Alimentação
  • Acomodação
  • Transporte

O que fazer para economizar com transporte?

Pedir carona

Antes de tudo, é importante fazer uma boa pesquisa sobre a legislação do país que você pretende viajar a respeito das caronas, pois, em muitos lugares, pedir carona é contra a lei. Para economizar com transporte durante o período em que você estiver hospedado em um determinado país, você pode fazer amizade com os moradores locais ou até mesmo utilizar sites que oferecem caronas pelo mundo. Geralmente, nesses sites, a única exigência é que se divida as despesas da viagem.

Conseguir passagens aéreas muito baratas

Existem formas de conseguir preços promocionais. Uma boa maneira de economizar é pela MaxMilhas, é claro! <3 O site conecta quem quer viajar com mais economia a quem tem milhas sobrando para vender. As passagens são emitidas com as milhas dos ofertantes e com descontos. Tudo com segurança e transparência garantidas em todas as operações. Basta entrar no site, fazer a busca por voos, comparar os valores disponibilizados pelas companhias com os encontrados por milhas e fazer a compra pelo cartão de crédito ou transferência bancária. Depois, você recebe a passagem por e-mail. Bem simples, né?

O que fazer para economizar com alimentação e acomodação?

Conseguir hospedagem na residência de moradores locais

É claro que esta é a forma mais óbvia e direta de se economizar com hospedagem, mas não é todo mundo que pode contar com a casa de amigos ou parentes em outros países. Se esse é o seu caso, existem maneiras de conseguir hospedagem em residências de moradores locais. Os sites mais conhecidos onde você pode conseguir este tipo de serviço são:

Dormir em aeroportos

Sim, é possível e permitido dormir em aeroportos, estações de trem ou rodoviárias ao redor do mundo. Para obter uma experiência mais segura, você pode acessar o site http://www.sleepinginairports.net e conferir as avaliações de outras pessoas que se já passaram por este tipo de situação.

Hospedagem em troca de trabalho

O que acha de trabalhar no campo ou em fazendas orgânicas em troca de hospedagem e alimentação? Existem diversas fazendas orgânicas ao redor do mundo que oferecem moradia e alimentação em troca de 4 a 6 horas de trabalho diárias. Não somente fazendas, mas existem hostels, hotéis, ranchos e vilas que também oferecem hospedagem e alimentação em troca de trabalho.

Os principais sites que oferecem este tipo de serviço são:

O usuário deve apenas pagar pela assinatura do serviço nesses sites e por suas despesas de transporte para chegar até o local.

Fazer parte da tripulação de um navio

Você pode integrar a equipe de uma embarcação e, dependendo do porte da viagem, consegue até mesmo ser remunerado por isso. Mas, de qualquer forma, você certamente economizará com acomodação e alimentação durante o período da viagem, sem falar que irá navegar mundo afora e conhecerá diversos lugares de graça.

Existem sites onde donos de embarcações procuram por tripulantes para fazer viagens, como por exemplo:

Gostou dessas dicas? Acompanhe nosso Facebook e deixe seu e-mail com a gente para receber mais novidades em primeira mão. 😉

Comentários

Deixe um Comentário