Fim de ano chegou: veja como se preparar para as viagens de fim de ano

Suas férias estão chegando e você está se perguntando como se preparar para as viagens de fim de ano? Então, descubra como organizar as despesas para ter um réveillon maravilhoso!

Muitos turistas têm dúvidas sobre como se preparar para as viagens de fim de ano. Mas a organização vai te livrar dos perrengues! Sabe como? Se você definir as despesas, escolher o local ideal, encontrar a melhor passagem aérea e a hospedagem mais confortável, com certeza vai ter uma experiência memorável.

Neste texto, você vai aprender, em 6 passos, como planejar a viagem perfeita para curtir as festas. Leia mais!

1. Planeje as suas despesas

Antes de fazer as malas, a sua viagem começa na hora do planejamento! Comece colocando os gastos na ponta do lápis a fim de saber quanto dinheiro você tem para gastar durante o passeio. Os custos são o ponto de partida para você planejar sua viagem, pois são eles que vão delimitar o seu destino (voo doméstico ou internacional), as roupas que você vai levar (para lugar frio ou quente) e até mesmo a duração das férias.

Se você não quer passar aperto, calcule as principais despesas que terá de arcar durante a viagem. Pense em pôr no papel quanto terá que desembolsar com estes cinco itens:

  • deslocamento (passagem de avião + transporte terrestre);
  • hospedagem;
  • alimentação;
  • seguro-saúde;
  • gastos pessoais.

Agora que você tem um panorama do quanto está disposto a investir nessa aventura, vá ao próximo passo para descobrir como escolher o seu destino!

2. Escolha o lugar ideal

Com base na sua tabela de orçamento, qual destino você quer conhecer? Antes mesmo de definir a data, eleja o local que vai proporcionar aquele descanso de que você tanto precisa para aliviar o estresse do seu dia a dia. A princípio, pergunte-se sobre estas 4 questões:

  1. Você quer um destino nacional ou internacional?
  2. Qual é o clima do local em que você vai passar as férias?
  3. Qual tipo de viagem você prefere (aventura, contato com a natureza, descanso, turismo religioso)?
  4. Com quantas pessoas você vai viajar?

Responder a essas perguntas vai abrir portas para você entender qual é o melhor lugar para visitar nas férias! Há vários estilos e opções de viagem, desde um acampamento no campo até uma viagem internacional!

Para isso, é crucial pensar, também, se você vai acompanhado ou não. Se for em família, uma boa opção pode ser um destino doméstico, como as praias do Nordeste do país. Mas se você quer mesmo aproveitar para descansar sozinho ou em casal, então pense em voos para o exterior! Se está certo de que quer fazer um passeio internacional, fique de olho na documentação.

3. Estipule a duração da viagem

Muitos viajantes aproveitam as férias de verão para cair na estrada! Por isso, é crucial pensar quanto tempo você dispõe para ficar fora, pois isso também vai influenciar em todos os pontos anteriores do seu planejamento.

E é sempre bom lembrar: no fim do ano, muitos outros turistas também estarão de folga. Ou seja, com a demanda, aumentam também os custos com transporte e hospedagem, já que é verão no Hemisfério Sul e inverno no Hemisfério Norte.

Outra coisa sobre a qual refletir, em especial se tiver acompanhantes, é o tempo que as outras pessoas têm para a viagem.

Se você for levar crianças, pense no período em que elas estarão de férias da escola. Com a data do deslocamento em jogo, comece a organizar suas roupas e pensar na arrumação da mala. Leve peças versáteis, que poupem espaço e dinheiro, uma vez que a bagagem passou a ser cobrada em voos operados dentro e fora do país.

Bom, com as datas definidas, o próximo passo é pensar na locomoção. Continue a leitura e descubra dicas para encontrar passagens aéreas baratas!

4. Encontre a melhor passagem aérea

OK, você tem em mãos os gastos, o local para onde vai e a data estipulada da viagem, não é? Com essas informações, já é possível pesquisar a sua passagem aérea para encontrar ótimas promoções! O ideal é fazer as buscas o quanto antes, já que as poltronas são mais disputadas em épocas como o fim de ano.

A primeira dica é: faça pesquisas com um mês de antecedência em destinos domésticos e com até três meses de antecipação em trechos internacionais. Sabe por que esse período vai aumentar as suas chances de voar pagando mais barato? Tudo depende da lógica que as companhias aéreas usam para precificar os assentos: a lei da oferta e da procura, ou seja, voos com mais demanda tendem a custar mais.

Na prática, isso quer dizer que viajar em horário comercial e aos finais de semana sai, geralmente, mais caro. Se você tem disponibilidade para voar durante a semana ou na madrugada, já ganha a vantagem de conseguir encontrar mais promoções!

Quer outra dica? Você pode recorrer à opção de usar um buscador de passagens, que vai poupá-lo de ficar horas pesquisando os melhores preços nos sites das companhias aéreas. Ah, no dia de embarcar, evite filas chegando mais cedo ao aeroporto. Fique de olho no relógio!

O que fazer se o voo for cancelado?

Há circunstâncias em que chegar com antecedência ao aeroporto não adianta tanto — isso porque o seu voo pode atrasar ou ser cancelado em cima da hora. Mas fique calmo: existem leis que garantem os seus direitos nesses casos.

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) prevê que, se o atraso for superior a 2 horas, você tem direito a alimentação, que pode ser fornecida por meio de voucher para almoço, jantar ou lanche, e um telefonema. Já se o atraso do voo for igual ou superior a 4 horas, você tem direito a acomodação e transporte de ida e volta do aeroporto ou pode solicitar o reembolso integral da passagem (com as taxas de embarque).

Agora que tal descobrir como escolher a melhor acomodação?

5. Escolha a melhor opção de hospedagem

A hospedagem é um dos pontos que mais encarece a viagem. Mas tudo vai depender da sua disponibilidade, pois há opções de lugares mais baratos.

Nesse momento, pense, principalmente se for acompanhado, se os seus parceiros de viagem também podem abrir mão de um hotel mais confortável. E antecipe-se para não correr o risco de perder boas opções por causa da grande procura que acontece ao fim do ano.

6. Procure se informar sobre o seu destino

Se na sua cidade é comum as pessoas usarem branco e pularem sete ondas no réveillon, pode ser que isso não seja tradição no lugar para onde você viajar. O melhor a fazer é pesquisar bastante sobre os costumes locais antes de chegar à cidade. Afinal de contas, você quer que tudo dê certo na sua viagem, não é mesmo?

Faça pesquisas na internet para saber como as pessoas comemoram essas datas especiais no seu destino. Outra coisa: descubra quais são os principais pratos consumidos no Natal e no réveillon por lá!

Com todo esse planejamento, tenha certeza de que suas próximas férias serão incríveis. Boa viagem, passageiro!

Agora que você já sabe como se preparar para as viagens de fim de ano, compartilhe este texto com os seus amigos nas redes sociais! 😉

Deixe seu comentário!