O que fazer em Macapá em 3 dias?

O norte do país ainda é um destino pouco escolhido por turistas e, por isso, esconde muitas maravilhas que mais pessoas deveriam conhecer. O Amapá, por exemplo, é um lugar cheio de cultura e tradições que envolvem visitantes de todas as idades. Por isso, que tal conhecer um pouco melhor a capital desse estado?

No post de hoje, vamos dar dicas de o que fazer em Macapá em uma viagem curta – caso você esteja na cidade para uma viagem a trabalho, um concurso público ou só tenha um feriado para aproveitar.

Saiba mais e divirta-se!

Ficar com um pé em cada hemisfério no Monumento Marco Zero do Equador

A primeira atração que não pode faltar na sua visita ao Macapá é o Monumento Marco Zero do Equador, onde fica a linha imaginária que divide a Terra nos hemisférios norte e sul. Durante os equinócios de outono e primavera, em março e setembro, o sol se encaixa no círculo do monumento e seus raios incidem perfeitamente sobre a linha.

Além de poder ficar com um pé em cada hemisfério, perto dali você encontra o Zerão, único estádio de futebol em que um time joga no hemisfério norte e o outro no sul. Uma experiência única!

Fazer uma viagem no tempo na Fortaleza de São José de Macapá

De terça a domingo, das 8h às 18h, você pode conhecer um dos maiores cartões postais do Macapá. No centro da cidade, a Fortaleza de São José de Macapá fica às margens do Amazonas. O lugar foi construído entre 1764 e 1782, na época do império português, com um formato de estrela.

Sua estrutura bem conservada permanece a mesma desde então, e você pode se sentir nos tempos imperiais enquanto anda pela construção. A vista é bonita, assim como o lugar. Tire muitas fotos!

Fazer um passeio no Trapiche Eliezer Levy

Quer fazer um passeio agradável no fim da tarde? O Trapiche Eliezer Levy é o lugar ideal. Ele é como um píer, que se estende 400 m sobre o rio Amazonas, e oferece um dos lugares mais tranquilos e uma das vistas mais bonitas da cidade. Tem um bonde elétrico que leva até o final dele, mas você pode fazer o caminho a pé.

No local também se encontram restaurantes e sorveterias que vendem sabores locais, como cupuaçu e carimbó. Você também pode observar a Pedra do Guindaste, que fica a 300 m da margem do rio, com uma imagem de São José em cima, protegendo a cidade.

Desvendar a lenda do boto cor-de-rosa

Uma das lendas mais clássicas do Brasil e um símbolo do norte, o boto cor-de-rosa é um animal que desperta a curiosidade de todos. Por isso, muitas agências de turismo oferecem passeios para ver os botos e, quem sabe, até nadar com eles.

Os passeios duram por volta de 2 horas e custam, em média, R$ 80 por pessoa. Uma experiência linda de contato com a natureza e com as tradições brasileiras.

Jantar no Restaurante Estaleiro

Um dos restaurantes mais conhecidos da região, o Estaleiro é o melhor lugar para quem quer experimentar as especialidades locais por preços módicos. Localizado no bairro Santa Inês, ele oferece uma grande variedade de frutos do mar, carnes e aves. Cada prato para duas pessoas custa, em média, R$ 80.

Essas são algumas das boas surpresas que a capital do Amapá reserva para seus visitantes. Mas ainda há muito o que experimentar, conhecer e descobrir!

Agora que você já tem uma ideia de o que fazer em Macapá, que tal passar na MaxMilhas para conseguir passagens com desconto?

Comentários

Deixe um Comentário