O Acre existe e você precisa conhecer!

A gente listou alguns motivos para você conhecer e se encantar pelo Acre.

Se tem um parte do Brasil que ainda é pouco explorada e que poucas pessoas pensam em conhecer é, certamente, o Acre. O último estado incorporado ao território nacional é também um dos mais distantes das maiores cidades do país. Geograficamente está mais perto das capitais do Peru e da Bolívia do que de muitas localidades do Brasil. Mas a verdade é que há diversos pontos de interesse no Acre, que fazem a visita a esse estado cheio de mistérios valer a pena. Saiba um pouco mais sobre esse cantinho do Brasil no post a seguir! Vamos lá?

O que conhecer quando estiver no Acre

Parque da Maternidade

O Parque da Maternidade é um dos principais pontos turísticos de Rio Branco, capital do estado. Fica localizado no centro da cidade, às margens do Igarapé da Maternidade. O local é um dos principais cartões-postais do Acre e é muito frequentado por pessoas que buscam apreciar suas diversas áreas de lazer, praças, quadras esportivas, ciclovias, lanchonetes, restaurantes ou para simplesmente relaxar em contato com a natureza. No parque há também espaços para shows, uma biblioteca e estruturas que funcionam como sede para eventos culturais.

Parque Tucumã

O mais novo parque público de Rio Branco é o Parque Tucumã, inaugurado em 2005. Localizado muito próximo à Universidade Federal do Acre, o parque possui ciclovias, playgrounds, praças, lancherias e é um importante centro de lazer da cidade, muito apreciado pelos locais.

Palácio Rio Branco

Construído no estilo neoclássico em 1930, hoje o palácio Rio Branco é também a sede do governo do Acre. O prédio é um dos mais importantes do estado e foi considerado patrimônio histórico. Em 2008, o edifício foi tombado pelo governo sob o reconhecimento de obra arquitetônica de maior importância no Acre. O Palácio Rio Branco fica no centro da capital e abre para visitação.

Museu do Memorial dos Autonomistas

O Museu do Memorial dos Autonomistas também fica em Rio Branco e foi fundado com o objetivo de preservar a história do movimento autonomista do Acre, que ajudou o território a chegar à condição de estado. Além de contar toda a história do processo autonomista, o museu também possui um café e está anexo a um teatro importante na cidade.

Parque Urbano Chico Mendes

O Parque Urbano Chico Mendes foi construído em 2003 com o objetivo de centralizar e fornecer um local específico para a comercialização de artesanatos, que são um símbolo da cultura do Acre. Além disso, há também -no parque de 53 hectares de natureza – inúmeras trilhas, um pequeno zoológico, áreas de lazer, playground e espaço para piqueniques.

Gastronomia acreana

Pelo fato de o estado possuir inúmeros rios, a gastronomia do Acre tem o peixe como base de muitos de seus pratos. Opções de preparo e variedade de espécies não faltam em um típico restaurante acreano. Alguns dos pratos mais consumidos no estado são o Tambaqui à moda acreana e o Pirarucu à Casaca. Mas, para quem quiser dispensar o peixe, também existem opções igualmente deliciosas. A influência dos árabes que passaram pela região, assim como a proximidade com a Bolívia deixaram traços na culinária do Acre. O quibe de macaxeira é uma versão brasileira do quibe árabe, e as saltenhas são salgados de influência boliviana também muito consumidos no estado.

Quer conhecer mais sobre o Brasil? Então, acesse nosso site e saiba como a MaxMilhas pode ajudar você a realizar sua próxima viagem! Quer conhecer o Acre com seus próprios olhos? Encontre passagens com desconto e boa viagem. 😉 

Deixe seu comentário!