10 cachoeiras que você precisa conhecer em Minas Gerais

O terreno acidentado de Minas Gerais deu origem a belíssimas cachoeiras. Conheça algumas delas nesse post!

A geografia acidentada de Minas Gerais deu origem a inúmeras belezas naturais. Uma prova disso são as cachoeiras, que marcam presença em inúmeros municípios do estado!

Foi uma tarefa difícil, mas selecionamos as cachoeiras que você precisa conhecer quando visitar a terra das igrejas barrocas riquíssimas e do pão de queijo delicioso. Acompanhe:

10 cachoeiras para curtir em Minas Gerais

1 – Cachoeira Alta (Itabira)

Localizada no Distrito de Ipoema, essa cachoeira tem incríveis 97 m de altura! Para chegar até ela, é preciso entrar em uma propriedade particular que cobra uma taxa. Muito procurada por praticantes de rapel e canyoning.

2 – Cachoeira das Andorinhas (Ouro Preto)

Quem disse que Ouro Preto só tem atrações históricas e culturais a oferecer? Essa cachoeira de 10 m de altura fica no Parque Natural Municipal das Andorinhas e é a nascente do Rio das Velhas – maior afluente do São Francisco.

3 – Cachoeira das Irmãs (Araguari)

Também conhecida como Cachoeira das Freiras, essa queda d’água tem mais de 40 m de altura e forma um spray quando atinge o poção. Por ser de fácil acesso, é muito procurada por moradores e turistas.

4 – Cachoeira do Bicame (Congonhas do Norte)

Aninhada na Serra do Cipó, a Cachoeira do Bicame é pequena e imponente ao mesmo tempo. Suas águas geladas formam um belo poço cor de caramelo que presenteia aqueles que percorrem o caminho até lá.

5 – Cachoeira do Crioulo (São Gonçalo do Rio Preto)

A Cachoeira do Crioulo é protegida pelo Parque Estadual do Rio Preto e encanta os visitantes pelo poção repleto de peixinhos! Mas para chegar até lá, é preciso fazer uma caminhada de duas horas na companhia de um guia.

6 – Cachoeira do Fundão (Serra das Canastra)

Apesar de ser uma das cachoeiras mais lindas de Minas Gerais, a dificuldade de acesso faz com que ela continue extremamente bem preservada. É preciso pagar uma taxa ao dono da propriedade e percorrer uma trilha de quase 2 km.

7 – Cachoeira do Sucupira (Uberlândia)

A Cachoeira do Sucupira fica na zona rural da conhecida cidade de Uberlândia. Seus 15 m de queda d’água se estendem por um paredão de 30 m de largura, formando uma paisagem que encanta a população e os visitantes.

8 – Cachoeira do Tempo Perdido (Serro)

Situada no Distrito de Capivari, a Cachoeira do Tempo Perdido fica a 39 km do Centro de Serro e oferece alguma dificuldade de acesso. No entanto, nada disso justifica seu nome, pois ela é composta por três quedas d’água belíssimas!

9 – Cachoeira do Tabuleiro (Conceição do Mato Dentro)

Com impressionantes 273 m de altura, a Cachoeira do Tabuleiro é a maior de Minas Gerais e a terceira maior do Brasil. Pode ser tanto visitada na parte de cima quanto na de baixo – mas é preciso ter algum preparo físico.

10 – Cachoeira Grande (Santana do Riacho)

Minas Gerais tem muitas cachoeiras, mas poucas são tão famosas quanto essa! Considerada um cartão postal do estado, a Cachoeira Grande fica em uma propriedade privada equipada com restaurantes e banheiros.

Esquecemos cachoeiras de Minas Gerais que você considera simplesmente incríveis? Então deixe um comentário nesse post e ajude a gente a incrementar a lista! 🙂

Comentários

Deixe um Comentário