É preciso juntar quantas milhas para viajar?

Participar dos programas de fidelidade das companhias aéreas é uma ótima maneira de economizar, já que, quanto mais você viaja, mais chances têm de conseguir uma passagem de graça no futuro – tudo depende de quantas milhas você acumulou.

Mas é necessário juntar quantas milhas para viajar? Como posso saber quando tenho pontos o suficiente para trocar por uma passagem?

Tire suas dúvidas neste post!

É preciso juntar quantas milhas para viajar?

Os programas de fidelidade das companhias áreas brasileiras funcionam da seguinte maneira: você ganha milhas quando viaja com a companhia ou quando aproveita os benefícios de seus parceiros – como cartões de crédito e redes de lojas. Depois de juntar certa quantidade de milhas, é possível trocá-las por passagens áreas.

Mas qual é o mínimo de milhas necessárias para viajar? Isso depende da companhia aérea, do destino desejado e da época do ano. Por exemplo, para viajar para a Europa, a média de milhas necessárias nas companhias brasileiras é de 170.000. Para os Estados Unidos, saindo do Sudeste, esse valor médio cai para 61.000. Quem quiser viajar na América do Sul pode resgatar passagens por, em média, 23.684 milhas.

Qual programa de fidelidade exige menos milhas para fazer o resgate?

Atualmente, entre os programas de fidelidade das maiores companhias aéreas brasileiras – LATAM, Avianca, Gol e Azul –, podemos perceber que a LATAM oferece mais destinos por um número menor de milhas. Viagens para os Estados Unidos, por exemplo, podem ser resgatadas por 25.000 milhas por trecho.

Mas é importante lembrar que esse não é o único aspecto importante dos programas de fidelidade. Ainda é preciso pensar no tempo de validade das milhas, nos parceiros e nos benefícios para escolher a qual programa se filiar.

De que outras formas eu posso aproveitar minhas milhas?

Muitas vezes, no entanto, você não acumula milhas o suficiente antes do prazo de validade para trocar por passagens aéreas. Nesses casos, como é possível aproveitar suas milhas e não sair no prejuízo?

Algumas companhias aéreas permitem que você transfira suas milhas – uma ótima forma de presentear alguém. E, recentemente, a Gol passou a dar a opção de comprar e vender milhas. Assim, por um preço estipulado pela companhia, você pode comprar as milhas que faltam para uma passagem ou vender suas milhas antes que elas vençam.

Na MaxMilhas, no entanto, qualquer pessoa que tenha mais de 10.000 milhas em qualquer companhia aérea nacional pode vender essas milhas! Funciona assim: você estipula o preço que achar mais conveniente e sua oferta é analisada e disponibilizada para os clientes da MaxMilhas.

Quando a sua oferta é selecionada, a passagem é emitida no nome do comprador e você recebe o valor das suas milhas em sua conta bancária, até 20 dias após a compra. Assim, suas milhas são aproveitadas e você não sofre prejuízo nenhum!

A verdade é que não existe uma resposta pronta para a pergunta do título – “é preciso juntar quantas milhas para viajar?”. Isso vai depender do programa a que você se filiou, do valor de milhas por trecho e do quanto você viaja. Algumas vezes, surgem boas promoções que você pode aproveitar.

Mas a MaxMilhas permanece sendo uma opção para economizar mais e ganhar um dinheiro extra. Entre em nosso site e saiba como!

Comentários

Deixe um Comentário