É preciso juntar quantas milhas para viajar?

Você participa de um programa de fidelidade, mas não sabe se as suas milhas para viajar são suficientes para o destino desejado? Neste texto, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre os seus pontos acumulados!

Os programas de fidelidade das companhias aéreas são uma ótima maneira de economizar, principalmente quando se fala em viagem! Quanto mais você viaja e acumula pontos, mais chances tem de conseguir uma passagem de graça no futuro — tudo depende de quantas milhas você acumulou.

No entanto, é necessário juntar quantas milhas para viajar? Como posso saber quando tenho pontos suficientes para trocar por uma passagem? E quais são os programas de fidelidade que existem hoje?

Tire as suas dúvidas neste texto que preparamos especialmente para você!

O que são programas de fidelidade?

Um dos seus objetivos é conhecer o mundo? Então, prepare-se que, com os programas de fidelidade, você vai ficar cada vez mais perto da realização desse sonho que faz parte da vida de tantas pessoas!

Os programas de fidelidade são estratégias desenvolvidas pelas companhias aéreas brasileiras e buscam fidelizar os passageiros. Essa fidelização é conquistada por meio do acúmulo de pontos que são trocados por milhas para viajar.

Existem quatro grandes programas de fidelidade no Brasil, são eles:

  • Amigo da companhia aérea Avianca;
  • Tudo Azul da companhia aérea Azul;
  • Smiles da companhia aérea Gol;
  • Multiplus da companhia aérea LATAM.

Cada empresa oferece as suas vantagens e benefícios para os usuários. É por essa razão que alguns brasileiros realizam cadastros em diferentes programas de fidelidade para usufruir do melhor de cada companhia.

É importante ressaltar que, quanto mais milhas acumuladas nos programas de fidelidade, mais vantagens o passageiro conquista. Entre esses privilégios, estão: acessos às salas VIPs em aeroportos, maior franquia de bagagem, possibilidade de upgrade de passagens para a classe executiva e primeira classe etc.

É preciso juntar quantas milhas para viajar?

Os programas de fidelidade brasileiros funcionam da seguinte maneira: você ganha milhas ao viajar com a cia aérea ou companhias parceiras, quando aproveita os benefícios de seus parceiros em lojas, ou transferindo os pontos acumulados no cartão de crédito.

Depois de juntar certa quantidade de milhas, os usuários conseguem trocar os seus pontos por passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais, assinar serviços digitais ou adquirir produtos de graça.

Afinal, qual é o mínimo de milhas necessárias para viajar? Isso depende da companhia aérea, do destino desejado e da época do ano. Assim como os valores normais, a quantidade de pontuação por trecho varia conforme a pesquisa do usuário e a data do embarque.

Os participantes dos programas de fidelidade conseguem viajar pela América do Sul resgatando passagens por um valor médio de 25 mil pontos. Os turistas que buscam a Europa encontram a média de 170 mil para ir e voltar. Para os Estados Unidos, saindo do Sudeste, esse valor médio cai para 61 mil.

Qual programa de fidelidade exige menos milhas para fazer o resgate?

O valor das passagens oferecidas para serem compradas por meio de milhas varia conforme o destino, a data e a demanda pelos mesmos voos. Porém, em uma breve comparação, podemos notar que a LATAM é a companhia aérea com mais destinos por um número menor de milhas.

Por exemplo, uma passagem para os Estados Unidos com o Multiplus, para o mês de setembro, pode ser resgatada por 40 mil milhas o trecho, enquanto, no Smiles, o valor mais baixo é de 50 mil.

Mas é importante lembrar que o valor de resgate das passagens não é o único aspecto relevante dos programas de fidelidade. Ainda é preciso pensar no tempo de validade das milhas, nos parceiros e nos benefícios oferecidos para escolher qual é a melhor opção.

De que outras formas posso aproveitar minhas milhas?

É comum encontrar pessoas que não são muito fãs dos programas de fidelidade. Isso acontece porque elas não conseguem acumular pontos suficientes para realizar uma viagem e acabam perdendo a validade das milhas.

Nesses casos, como é possível aproveitar suas milhas e não sair no prejuízo? Existem outros benefícios que vão além do resgate de passagens aéreas e que podem ser úteis para os usuários que são cadastrados nos programas de fidelidade.

Algumas companhias aéreas também permitem que você transfira suas milhas — uma ótima forma de presentear alguém. Recentemente, a Gol passou a dar a opção de comprar milhas. Assim, por um preço estipulado pela companhia, você pode comprar as milhas que faltam para uma passagem, garantindo aquela viagem tão esperada.

Outra maneira de utilizar as suas milhas para viajar é com a possibilidade de reservar quartos de hotéis com os seus pontos acumulados. Dessa forma, mesmo que você não consiga a pontuação suficiente para uma passagem aérea, é possível economizar na hora de escolher a hospedagem.

Como aproveitar melhor os programas de milhagem?

Além das milhas, existem outras vantagens que podem ser úteis para você e não apenas durante uma viagem. Hoje em dia, as companhias que oferecem esses serviços estão empenhadas em desenvolver estratégias para aproximar ainda mais os usuários.

O resultado desse investimento em benefícios está se tornando cada vez mais vantajoso, tanto para os programas de fidelidade quanto para os usuários cadastrados que acumulam milhas.

Atualmente, quem se cadastra nos programas com a intenção de acumular milhas para viajar recebe muito mais do que isso. Os usuários podem trocar os seus pontos por aluguéis de carros, créditos em aplicativos de transporte privado, assinaturas em plataformas digitais e produtos em lojas parceiras.

São inúmeras possibilidades para utilizar os seus pontos acumulados e a tendência é crescer cada vez mais. Um exemplo disso é o Smiles, programa de fidelidade da Gol, que já oferece um cartão de crédito com benefícios diferenciados para os usuários.

Quais são as maneiras de acumular milhas mais rápido?

Agora, você já sabe quais são as principais vantagens dos programas de fidelidade e que os benefícios vão além das passagens aéreas! Que tal aprender a ampliar a sua quantidade de milhas?

Abaixo, listamos as principais maneiras de acumular as suas milhas para viajar. Veja!

Controle a validade dos pontos

Cada programa de fidelidade tem uma regra a respeito das datas de expiração das suas milhas, uma vez que elas podem durar desde alguns meses até dez anos. Quanto mais você cuidar da sua pontuação, maiores serão as chances de você conseguir um número suficiente para viajar sem gastar com a passagem aérea.

Evite trocar as suas milhas por outros produtos

Muitos usuários acabam se empolgando com a possibilidade de usar os pontos acumulados por itens disponíveis nas lojas parceiras. Porém, essa ideia pode não ser a ideal quando você quer utilizar a sua pontuação para viajar.

Apesar de ser muito interessante, se a sua intenção é acumular milhas para viajar, essa ideia não é recomendada para você. Procure economizar a sua pontuação, sempre cuidando do prazo de validade, para conseguir arrecadar cada vez mais pontos e trocá-los por passagens aéreas.

Faça compras em estabelecimentos parceiros

Além da possibilidade de trocar as suas milhas por produtos, os programas de fidelidade desenvolveram uma estratégia que oferece aos usuários a facilidade de adquirir objetos ou serviços e ganhar pontos.

Efetuar compras em estabelecimentos parceiros e adquirir milhas para viajar parece ser uma boa ideia? Então conheça a lista de lojas que mantêm esse acordo com o seu programa de milhagem e não perca tempo.

Transfira os seus pontos acumulados com cartão de crédito

A maioria dos bancos oferece a possibilidade de os clientes utilizarem as pontuações adquiridas para transferir aos programas de fidelidade. Essa é uma forma de conseguir mais milhas em um curto período de tempo.

Portanto, se o seu banco tem essa parceria com os programas de fidelidade dos quais você faz parte, não perca tempo e comece a utilizar o cartão de crédito durante as suas compras.

Como é possível ganhar dinheiro com os meus pontos acumulados?

Você juntou as milhas para viajar, no entanto, o passeio precisou ser cancelado ou adiado por tempo indeterminado e a sua pontuação vai expirar? Ainda existe uma solução para o seu imprevisto!

Atualmente existem sites que possibilitam a venda de milhas aéreas. A partir deles, é possível vender os seus pontos acumulados e ainda ganhar um dinheiro extra no seu orçamento.

Existem dois tipos de empresas que realizam esse serviço. Algumas realizam apenas o intermédio da venda entre o vendedor e o comprador e, o segundo tipo compra os seus pontos e revende para outros usuários.

Contudo, antes de vender as suas milhas, verifique qual é a empresa mais confiável do mercado para realizar esse processo. Também é importante ressaltar que você só deve informar os seus dados para sites seguros.

O processo de venda de milhas aéreas é muito simples e prático, e, em um curto período de tempo o dinheiro, é depositado em sua conta bancária informada. Dessa forma, apesar de não viajar para o destino desejado, você vai conseguir reaver o dinheiro investido nos pontos ao invés de desperdiçá-los com a data de validade.

A verdade é que não existe uma resposta exata para o número de milhas para viajar. A quantidade vai depender do programa ao qual você se filiou, do valor de milhas por trecho e do quanto você viaja. O importante é ficar de olho nas diversas promoções que valem a pena!

Interessou-se pela ideia de vender as suas milhas e melhorar o seu orçamento? Veja como economizar e ganhar um dinheiro extra: acesse o nosso site e fale conosco!

Deixe um Comentário