O que fazer ao perder uma conexão?

Cada vez mais pessoas estão descobrindo os prazeres de viajar e explorar o mundo. Mas nem sempre as viagens que programamos saem exatamente como o planejado e, às vezes, alguns imprevistos acabam atrasando os nossos planos.

É o que ocorre quando perdemos uma conexão entre dois voos, por exemplo. Seja por problemas climáticos, por atraso em algum dos voos, por complicações técnicas que eventualmente ocorrem ou porque o aeroporto é muito grande e acabamos um pouco perdidos entre uma porta de embarque e outra, o fato é que perder uma conexão é algo muito comum. No entanto, essas perdas podem não ser um incômodo tão grande se soubermos o que fazer para lidar com a situação. Confira no post de hoje qual é a melhor forma de agir quando se perde uma conexão!

1 – Converse com a companhia aérea

O primeiro passo a ser dado ao perder uma conexão é conversar com os funcionários da companhia aérea. Eles vão passar orientações sobre como remarcar o voo e garantir sua chegada no destino final. Vale lembrar que, em voos com conexões, a companhia aérea é responsável por fazer com que seja possível você chegar no seu destino final. Então, em caso de perda de conexão por culpa da empresa, a companhia deve colocá-lo no próximo voo para o seu destino.

Dica: ao comprar a passagem, dê preferência por conexões entre voos da mesma companhia ou de companhias parceiras. Assim, as chances de seu problema ser resolvido de forma imediata e eficiente são bem maiores.

2 – Conheça seus direitos

Se a perda do voo for ocasionada por atrasos ou problemas da companhia, ela deve não apenas remarcar a viagem, colocando o passageiro no próximo voo, mas também dar assistência enquanto ele espera pela continuação da viagem. Se o tempo de espera para o novo voo for de até 2 horas, caberá à empresa fornecer vouchers de alimentação e ligações telefônicas.

Em casos em que o atraso é de mais de 4 horas, a companhia deve remarcar o voo sem custos e, se necessário, fornecer alojamento em hotel para que os passageiros possam descansar adequadamente, utilizando transfers até o local. No entanto, vale lembrar que o passageiro não é obrigado a aceitar a proposta da empresa e pode pedir reembolso integral da passagem ou remarcação em voo de outra companhia aérea sem custo – caso haja disponibilidade de horários e assentos.

3 – Antecipe o problema

No momento do check-in ou pouco antes do embarque é comum que a companhia informe se o voo está atrasado ou se sairá no horário. Se descobrir que o seu primeiro voo já está atrasado informe os funcionários da companhia responsável pela conexão e eles poderão já providenciar uma remarcação – caso necessário – ou alguma outra medida cabível. Em voos longos e internacionais, por exemplo, se há vários passageiros prestes a perder a conexão é possível que a companhia segure o segundo voo para esperar por essas pessoas.

4 – Previna-se!

No momento da compra da passagem, verifique o tempo destinado para a conexão. Depois disso, você pode consultar o Tempo Mínimo de Conexão que cada aeroporto determina para saber se será suficiente. Só depois disso, efetue, de fato, a compra. É claro que você ainda fica suscetível a atrasos causados por imprevistos, mas esta é uma forma de garantir que a sua parte do planejamento seja feita e, quem sabe, evitar dores de cabeça. Vale lembrar que o Tempo Mínimo de Conexão varia de acordo com questões de imigração e entre voos domésticos e internacionais.

Telefones úteis:
Atendimento ao cliente Azul – 0800 884 4040
Atendimento ao cliente Avianca – 0800-286-6543
Atendimento ao cliente GOL – 0800 704 0465
Atendimento ao cliente LATAM – 0300 570 5700

Tudo pronto para viajar com mais tranquilidade? Acesse o site da MaxMilhas e escolha já os seus próximos destinos!

Comentários

Deixe um Comentário