O que você precisa saber para trilhar o Caminho de Santiago

Seja por motivos religiosos, pela emoção ou pelo desafio, muitas pessoas desejam trilhar o Caminho de Santiago, na Espanha. Mas algumas das trilhas desse Caminho chegam a quase mil quilômetros – ou seja, não é para qualquer um.

Por isso, no texto de hoje, nós contamos tudo o que você precisa saber para trilhar o Caminho de Santiago e estar completamente preparado para essa viagem!

Você deve pedir uma credencial

A Credencial do Peregrino é um documento oferecido para que os peregrinos sejam reconhecidos e possam receber a hospitalidade local. Todos que trilham o Caminho de Santiago a pé, de bicicleta ou a cavalo podem pedi-la. Entre em contato com a embaixada espanhola para saber mais.

Existe mais de um caminho para trilhar

O Caminho de Santiago não é uma estrada ou uma trilha só que todos percorrem. Ele pode ser feito de várias maneiras, por diversos caminhos que levam à Santiago de Compostela. O Caminho Francês, por exemplo, tem 836 km – e é o mais popular.

Mas você pode pegar o Caminho Del Norte, o Caminho Vía de La Plata, o Caminho Português… Faça uma pesquisa antes para decidir de onde você prefere partir!

Temperaturas amenas são as melhores

Você não vai querer ficar dias caminhando abaixo de um sol de torrar a pele e nem com os pés enterrados na neve. Escolher uma época do ano em que as temperaturas são amenas, como a primavera ou o outono, é a melhor escolha para quem quer trilhar o caminho pela primeira vez.

Mas sempre vá preparado para o aumento ou queda das temperaturas, assim como para chuva. Afinal, tudo pode acontece.

Você pode caminhar a hora que quiser

O Caminho de Santiago pode ser percorrido a qualquer hora da manhã, da tarde, da noite ou da madrugada. O que importa é que você esteja bem disposto! Por isso, não se apegue a horários e escolha o que o deixar mais à vontade.

Você vai carregar tudo nas costas

É muito importante se lembrar de que tudo o que você levar para a caminhada estará o tempo todo na sua mochila. Por isso, aposte só nos essenciais e não se apegue a vaidades: o prático, nessa ocasião, é bem melhor do que o bonito.

Leve roupas leves, que não amassam e que secam fácil. Leve também um saco de dormir, um kit de higiene básico, protetor solar, repelente e água – uma garrafa de 1 L, por exemplo, que pode ser reabastecida.

O calçado é importante

Muitos viajantes resolvem comprar um calçado novo para trilhar o Caminho de Santiago, mas esse tiro pode sair pela culatra. Afinal, quantas vezes um calçado novo começa a fazer calos, bolhas e machucar os dedos?

Por isso, é melhor calçar um tênis usado, mas que esteja bem conservado e seja confortável.

Existem albergues para os peregrinos

Os Albergues Municipais, espalhados por todo o Caminho, são dormitórios baratos que oferecem cozinha, lavanderia, banheiro e uma cama para dormir. Eles não podem ser reservados – você tem que chegar no local e apresentar sua credencial de peregrino.

É uma ótima opção para aqueles que querem um lugar para dormir, lavar as roupas e tomar banho.

O caminho não é uma corrida

Trilhar o Caminho de Santiago não é uma competição! Aproveite para conhecer o local, conversar com pessoas, aprender sobre a cultura e a história do país. Não se apresse!

Fazer esse caminho será uma experiência inesquecível – e você já tem tudo de que precisa para aproveitar cada segundo!

Já quer planejar essa viagem? Entre no site da MaxMilhas e consiga passagens mais baratas!

Comentários

Deixe um Comentário