Gol não cobrará por alteração de voo no aeroporto

O site Panrotas informou ontem que a GOL não vai mais cobrar taxa dos passageiros que precisarem ou quiserem alterar seus voos nos aeroportos onde atua. Desta forma, os passageiros da companhia poderão antecipar ou adiar sua viagem em até seis horas a partir do horário inicialmente estipulado sem ter de pagar nada a mais por isso. Apesar da GOL não ter entrado em detalhes, aparentemente a medida já está valendo.

“Nós mudamos algumas regras de procedimento de embarque e a grande novidade é que, se for necessária a alteração do voo no aeroporto, a GOL vai isentar esse cliente de qualquer penalidade”, explicou o diretor comercial da GOL, Eduardo Bernardes. Ele discorreu também sobre os esforços da companhia para que o cliente chegue no aeroporto já com o check-in efetuado. De acordo com o mesmo, “quase 50% dos clientes já chegam com o check-in feito”.

 

Outras novidades e novos destinos

 

Também à Panrotas, o presidente da GOL, Paulo Kakinoff, destacou a recente mudança na malha aérea, que alterou 40% dos voos da companhia. Sem citar o recente investimento na América Central, onde foi criado a GOL Dominicana, o presidente adiantou que “ao longo do ano teremos mais novidades em destinos por meio da rota pela República Dominicana”.

Sobre as alianças aéreas internacionais, no qual a TAM – uma de suas maiores concorrentes faz parte – Kakinoff disse que manterá a GOL fora das mesmas, mas que está próximo de anunciar acordos com mais duas companhias internacionais, que se unirão a Delta, Air France, KLM, Iberia e Qatar (atuais parceiras da empresa brasileira). “Também estamos em pleno processo de integração com a Delta e até maio teremos a total integração dos sistemas de reservas, compra de passagens e milhagens com ela”. Assim, clientes Smiles terão mais destinos para viajar, em especial para os EUA – país de origem da Delta.

Comentários

Deixe um Comentário