Dicas de viagem para curtir o Festival de Parintins

A edição de 2018 do Festival de Parintins está quase aí! Acompanhe algumas dicas de viagem para curtir esse espetáculo ao máximo.

O coração da Floresta Amazônia deve se agitar entre 29 de junho e 01 de julho. É quando acontece a próxima edição do Festival de Parintins, que é considerado uma das principais manifestações populares do Brasil.

Por meio de belíssimas apresentações, os bois Caprichoso e Garantido encantam visitantes do mundo inteiro com lendas, rituais e costumes da região. Que tal acompanhar as nossas dicas de viagem para prestigiar esse evento?

Dicas de viagem para o Festival de Parintins

Planeje o seu deslocamento até Parintins

Parintins fica a 395 km de Manaus, no arquipélago das Ilhas Tupinambaranas. Basicamente, isso significa que os viajantes precisam planejar bem o deslocamento até o município.

Existem três maneiras principais de fazer isso: pegar um avião entre Manaus e Parintins (1h40), pernoitar em um barco (24h) ou recorrer às lanchas a jato (8h). Sua escolha depende de critérios como disponibilidade e experiência.

Considere opções alternativas de hospedagem

Não espere encontrar hotéis internacionais ou estrelados na cidade de Parintins. Na verdade, a rede hoteleira é bastante limitada e fica cheia na época do festival. Quem consegue quarto faz a reserva com meses de antecedência.

Ciente disso, o Governo do Estado do Amazonas criou campanhas para incentivar os moradores a alugarem suas casas no esquema bad and breakfast. Pesquise para encontrar acomodações adequadas às suas necessidades.

Compre os ingressos com antecedência

Os ingressos para o Festival de Parintins podem ser comprados pela internet. No site do evento, é possível adquirir bilhetes diários e passaportes completos para diversos setores do Bumbódromo, a arena onde ele acontece.

Os valores de 2018 são os seguintes:

Arquibancada central

  • 29 de junho: R$ 450
  • 30 de junho: R$ 450
  • 01 de julho: R$ 250

Passaporte: R$ 1.050

Arquibancada especial

  • 29 de junho: R$ 350
  • 30 de junho: R$ 350
  • 01 de julho: R$ 200

Passaporte: R$ 800

Cadeira tipo 1

  • 29 de junho: R$ 350
  • 30 de junho: R$ 350
  • 01 de julho: R$ 220

Passaporte: R$ 820

Cadeira tipo 2

  • 29 de junho: R$ 250
  • 30 de junho: R$ 350
  • 01 de julho: R$ 220

Passaporte: R$ 600

Camarote Amazon Best

  • 29 de junho: R$ 1.800
  • 30 de junho: R$ 1.800
  • 01 de julho: R$ 1.400

Passaporte: R$ 4.500

Conheça as linhas gerais do enredo

Durante os três dias de evento, os bois Caprichoso e Garantido recriam o Auto do Boi-Bumbá com a ajuda de temáticas especiais escolhidas todos os anos. Uma das nossas dicas de viagem é conhecer o enredo básico para aproveitar mais!

A história é mais ou menos assim: Pai Francisco sacrifica um boi para atender aos desejos de sua mulher grávida, Mãe Catirina. Seu senhor descobre o acontecimento e ameaça prendê-lo.

Pai Francisco recorre a um padre e um pajé para tentar reanimar o animal. Quando conseguem, o senhor perdoa o casal e organiza a grande festa que vemos no Bumbódromo.

Leve a rivalidade a sério

Os amazonenses levam a sério a rivalidade entre os bois Caprichoso e Garantido! Portanto, é preciso ficar atento para não cometer nenhuma gafe perto de torcedores apaixonados.

Então, vale a pena lembrar: o Boi Caprichoso é representado pela cor azul e pelo símbolo da estrela e o Boi Garantido é representado pela cor vermelha e pelo símbolo do coração.

Aproveite para conhecer outras atrações da cidade

Outra das nossas dicas de viagem é aproveitar essa oportunidade para estender a estadia em Parintins, pois a cidade tem várias atrações bacanas a oferecer. O que você acha dessa ideia?

Dois outros programas que fazem sucesso por lá são tomar banho no Rio Uiacurapá e passear pelo Lago Macurany. Também vale a pena conhecer melhor o artesanato indígena e experimentar os pratos locais.

Gostou das nossas dicas de viagem para curtir o Festival de Parintins? Então comece a se organizar agora mesmo: acesse o nosso site e compre passagens aéreas com desconto!

 

Comentários

Deixe um Comentário