Saiba tudo sobre como vender milhas e ganhar dinheiro

Está precisando de uma grana extra para melhorar a sua renda? Neste texto, vamos ensinar tudo o que você deve saber para vender milhas e conseguir juntar um dinheiro a mais no final do mês. Acompanhe!

Comprar passagens aéreas com milhas pode ser o objetivo dos passageiros que são cadastrados nos programas de fidelidade, porém, a possibilidade de vender a pontuação acumulada para receber um valor extra no final do mês é muito útil para quem não tem planos de realizar uma viagem tão cedo ou tem pontos prestes a expirar.

Se você tem pontos acumulados em programas de fidelidade, continue a leitura deste conteúdo para saber como vender milhas e ganhar uma grana extra no seu orçamento.

Vender milhas é legal?

Em razão da falta de informação, muitas pessoas acabam perdendo a oportunidade de vender as suas milhas porque não sabem se a prática é permitida por lei. No entanto, da perspectiva legal, não há nenhum código que impeça o repasse de pontos para terceiros.

Os programas de fidelidade permitem a emissão de passagens aéreas em nome de terceiros, no entanto, o único cuidado que você deve ter na hora de vender os pontos acumulados é realizar a leitura dos termos de contrato e se certificar que não existe alguma cláusula informando que a pontuação é intransferível.

 

Quais são os principais benefícios de vender milhas?

Os programas de fidelidade estão crescendo todos os dias, e o número de pessoas que estão se cadastrando para acumular pontos que podem ser utilizados como milhas aéreas para viajar é cada vez maior. Esse crescimento é devido aos benefícios que são oferecidos pelas empresas parceiras para favorecer a experiência positiva dos usuários.

No entanto, algumas pessoas ainda não sabem da oportunidade de vender as milhas aéreas que estão acumuladas em suas contas e acabam perdendo os pontos e as chances de ganhar um dinheiro extra.

Para ajudar você a entender as vantagens de vender as suas milhas aéreas, separamos uma lista com os principais benefícios obtidos por essa prática. Saiba mais:

Pode ser muito lucrativo

A venda de pontos não tem uma cotação exata para ser utilizada como base na hora de vender, no entanto, é possível encontrar um valor estipulado através de plataformas que oferecem esse tipo de serviço.

O público que mais se beneficia das vantagens de vender as milhas áreas são as pessoas que têm pontos acumulados, porém não podem se planejar para viajar antes do vencimento estipulado pelos programas de fidelidade e correm o risco de perder o investimento.

Compensa mais vender os pontos e comprar a passagem no dinheiro para ganhar milhas

Embora pareça contraditório, essa é uma afirmação verdadeira. Em algumas situações, é possível vender as suas milhas acumuladas que estão próximas da data de validade, comprar passagens aéreas mais baratas e acumular novos pontos em seu cadastro nos programas de fidelidade.

Essa estratégia pode auxiliar a ganhar milhas com um prazo de validade maior para programar outras viagens e, ainda por cima, conseguir um dinheiro extra pelo fato de adquirir uma passagem com um valor menor.

É uma forma de recuperar o que gastou com outras passagens

Algumas vezes, é possível encontrar passagens aéreas mais baratas em outras companhias ou comprar trechos durante promoções e, com isso, acabar não utilizando as milhas acumuladas.

Nesses casos, para cobrir os gastos com promoções ou outras passagens você pode vender as milhas acumuladas e receber o dinheiro investido de volta, diminuindo os custos da sua compra.

 

Principais dúvidas sobre a venda de milhas

Um dos motivos pelos quais algumas pessoas ainda não se sentem seguras em vender milhas são as dúvidas que surgem durante o processo e não são respondidas de maneira correta.

Para solucionar as suas dúvidas, vamos responder às principais perguntas que surgem quando o assunto é a venda de milhas aéreas. Acompanhe!

Vender milhas é seguro?

Pela falta de conhecimento em saber como é o processo de compra e venda, muitas pessoas ainda sentem medo de informar os seus dados em sites. A justificativa é a preocupação de acabarem prejudicadas pela divulgação das informações na internet.

Antes de decidir como e onde vender as suas milhas, é preciso pesquisar com muito cuidado qual empresa vai ser responsável por realizar esse processo e como ele será feito.

O ideal é realizar uma busca pela melhor empresa para ser responsável por esse processo. Além disso, prefira os sites que já são conhecidos pelo público e que oferecem um serviço diferenciado, com atendimento rápido e seguro — esse cuidado é ideal para garantir que as suas informações fiquem protegidas.

Após a busca, escolha a empresa que mais conquistou a sua confiança, mas que também não exija muita burocracia para a venda das suas milhas. Na hora de decidir, preze pelo parceiro que ofereça total segurança, garantia e auxílio em todos os passos do processo.

Com todo esse cuidado, vender as suas milhas com mais segurança e sem dores de cabeça vai ser fácil e rápido.

Qual é o número mínimo de milhas que podem ser vendidos?

Essa é uma dúvida muito frequente entre os usuários que pretendem vender milhas. No entanto, o número varia conforme a escolha da empresa que vai realizar esse processo para você.

Algumas empresas colocam o mínimo entre 6 mil e 10 mil para a comercialização das milhas, uma vez que essa estratégia facilita o resgate e a emissão de bilhetes para o site que adquiriu os pontos do vendedor.

Também existem sites que aceitam apenas números múltiplos, dependendo do programa de fidelidade da pontuação do cliente.

Uma questão importante para considerar é que quanto maior for o número de milhas que um cliente deseja vender, mais alta será a cotação oferecida pela empresa que vai fornecer um orçamento. No caso dos sites que apenas fazem a intermediação da venda, o valor é estipulado pelo próprio cliente.

Qual é o preço médio?

A milha aérea é negociada como uma moeda, e o valor pode variar diariamente conforme a oferta e demanda.

Esse valor médio das milhas é anunciado em sites especializados ou pode ser determinado pelas empresas que comercializam esses pontos.

Apesar disso, o valor oferecido pelas empresas que negociam as milhas aéreas pode variar conforme o programa de fidelidade, a quantidade que um usuário tem para vender e os dias que as negociações são realizadas.

Quem terá acesso aos meus dados quando eu vender as milhas?

É comum ter receio na hora de vender milhas, afinal, é necessário informar dados pessoais e as empresas também solicitam as informações de acesso ao perfil do programa de fidelidade para realizar a reserva das passagens vendidas.

Por conta das informações que precisam ser disponibilizadas para as empresas, é necessário ter total confiança na companhia escolhida para intermediar ou comercializar as suas milhas aéreas.

O ideal é dar preferência para os sites que já têm experiência e são conhecidas no mercado, evitando golpes e prejuízos. Além disso, é importante realizar a leitura das regras e políticas de comportamento das empresas, descobrindo qual oferece os melhores benefícios e prioriza a sua segurança e privacidade.

Qual é o prazo de validade das milhas?

Para que as empresas responsáveis por vender ou intermediar o processo de venda de milhas aceitem os seus pontos, é necessário prestar atenção nos prazos de validade.

As suas milhas precisam apresentar, no mínimo, 60 dias de validade para serem aceitas como moeda de troca.

Quando vale a pena vender as milhas?

Se você ainda não sabe se vender as suas milhas é uma ideia rentável, separamos algumas dicas de quando é uma boa hora para ganhar um dinheiro extra com os seus pontos que estão acumulados.

Quando elas estão perto de expirar

Os seus pontos estão parados no seu perfil do programa de fidelidade e você não faz ideia de quando vai conseguir viajar de novo ou acumular o suficiente para comprar uma passagem aérea? Então, está na hora de vender as suas milhas!

Em vez de deixar as suas milhas desaparecerem e perder o investimento realizado para conseguir acumular os pontos, o melhor a se fazer é acompanhar quais são as datas de validade e realizar a venda.

Dessa maneira, você não vai ter prejuízo por desperdiçar a chance de ganhar uma grana extra com a venda das milhas aéreas acumuladas na sua conta.

Quando não se viaja tanto

É muito fácil acumular milhas hoje em dia! Os cartões de crédito oferecem opções de acumulo de pontos conforme os valores que são gastos em compras efetuadas e muitas lojas também já têm parcerias com os principais programas de fidelidade. Isso sem falar da possibilidade de assinar um plano mensal, que garante o acréscimo de uma quantia todos os meses no seu perfil.

Com tantas possibilidades para juntar pontos, mesmo que você não tenha o costume de realizar viagens com frequência, é possível juntar milhas e fazer com que elas se tornem uma renda extra no seu orçamento.

Com a venda dos seus pontos acumulados, você ainda vai contribuir para que outros passageiros possam adquirir passagens aéreas por um valor mais baixo.

Quando não há milhas suficientes para resgatar uma passagem

Se você precisa realizar uma viagem de emergência, mas as suas milhas ainda não são o suficiente para reservar uma passagem aérea, é possível vender os seus pontos e utilizar o dinheiro para comprar o seu bilhete.

No entanto, é preciso pesquisar o valor das passagens aéreas e realizar um cálculo para ver qual opção é mais vantajosa e se é possível comprar o seu voo com o lucro da venda das suas milhas.

Quando não há muita movimentação de pontos

Embora seja difícil encontrar alguém que não utilize, pelo menos, um cartão de crédito e outras tecnologias da atualidade, ainda existem pessoas que preferem usar sempre o dinheiro em espécie para realizar compras e pagamentos.

Por essa razão, essas pessoas também não têm o interesse de ficar acumulando pontos em programa de fidelidade pela falta de movimentação em cartões de crédito, o que causa uma demora em juntar a quantidade suficiente de milhas para resgatar passagens aéreas.

Nesses casos, é preferível comercializar as milhas que já foram acumuladas com as poucas vezes em que os cartões de crédito foram utilizados, em vez de deixar que elas expirem.

Quando está precisando de dinheiro

Mesmo para quem sempre procura manter um controle de gastos, pode acontecer de apertar o orçamento no final do mês, não é?

Nessas situações, quando um mês acaba gerando mais despesas do que o esperado, deixando a conta bancária apertada, é possível encontrar uma solução!

Os seus pontos acumulados em programas de fidelidade podem se tornar a grana que faltava para quitar as contas e sair do vermelho! Para quem procura apenas um extra para ajudar no orçamento, é possível ganhar um dinheiro para jantar em algum restaurante diferente ou fazer aquele passeio que está na sua lista de desejo há tempos.

Como funcionam os sites que compram milhas?

Com apenas uma breve pesquisa, já é possível perceber que existem sites que realizam a compra de milhas ou apenas fazem a intermediação entre vendedor e comprador.

Cada empresa tem uma política de venda diferenciada, e isso interfere no funcionamento e no comportamento perante os usuários — no entanto, o processo da comercialização de milhas é quase o mesmo para todos. As empresas que se destacam são aquelas que oferecem um serviço diferenciado, com atendimento completo, priorizando os seus clientes em todas as situações.

Como dito, existem dois tipos de sites que negociam milhas: aqueles que compram milhas e os que apenas fazem o intermédio entre os usuários. Entenda melhor, abaixo:

Sites que compram milhas

O primeiro passo para a vender milhas é procurar informações sobre a cotação dos pontos no dia. Os dados sobre os valores são disponibilizados por meio de um orçamento que precisa ser realizado nos próprios sites.

Para conseguir vender milhas de um usuário para outro, esse tipo de empresa compra os pontos acumulados dos vendedores e repassam a compradores. Durante esse processo, é preciso solicitar os dados de acesso do vendedor e e realizar a reserva das passagens a partir do bilhete vendido para o outro comprador.

Depois de confirmar essa transação com a empresa responsável, o vendedor recebe o valor determinado pelas milhas através de depósito em conta bancária. .

Sites que realizam a intermediação da compra e venda de milhas

As empresas que apenas trabalham como intermediadoras do processo de compra e venda funcionam de maneira diferente: elas cedem o espaço para o vendedor anunciar as suas milhas conforme a sua própria preferência e valor.

Essas companhias não definem o valor no qual as milhas serão comercializadas, elas apenas informam o menor e maior preço anunciado em seu site para que o vendedor possa decidir como prefere negociar a sua pontuação.

Assim como as empresas que compram as milhas dos vendedores, as que realizam a intermediação do processo também solicitam os dados de acesso para entrarem em suas contas nos programas de fidelidade e realizarem a emissão das passagens aéreas que foram adquiridas.

O pagamento dos pontos também acontece via depósito em conta bancária dentro do prazo estipulado.

Qual é a melhor época para vender milhas?

As empresas que compram as suas milhas áreas não alteram o valor conforme a temporada, ou seja, os seus pontos sempre vão valer a mesma quantia, independentemente da época escolhida para realizar a venda.

Se você precisa vender milhas para adquirir uma passagem, o momento ideal é durante a alta temporada, nas férias de janeiro e julho. São nessas épocas que os voos estão lotados e sobram poucos assentos para os turistas que desejam utilizar os seus pontos.

A alta demanda por passagens durante a época de férias faz com que os preços das milhas aéreas disparem e a busca por um voo se torna uma corrida contra o tempo, favorecendo os vendedores que têm pontos para vender.

Como funcionam os clubes de milhas?

Durante o texto, nós citamos a possibilidade de acumular pontos mensalmente por meio de uma assinatura nos clubes dos programas de fidelidade.

Essa é uma oportunidade para acumular milhas aéreas e, se necessário, realizar a venda dos pontos que são creditados mensalmente na sua conta. Atualmente, os programas de fidelidade que oferecem essa vantagem são: Amigo (AVIANCA), TudoAzul (AZUL), Smiles (GOL) e Multiplus (LATAM).

Quais cuidados tomar na hora de vender as milhas?

Ter cuidado ao realizar negociações online é sempre bom. Por isso, pensando na sua segurança, separamos algumas dicas para você se proteger durante a venda das suas milhas:

Solicite os dados da empresa

Priorize as empresas que divulgam informações, como endereço fixo, telefone e CNPJ, pois esses dados são essenciais para descobrir se você está negociando com uma equipe profissional e de confiança.

Procure avaliações de usuários que já utilizaram o serviço

É muito importante pesquisar a opinião de quem já experimentou o trabalho da empresa escolhida para vender as suas milhas.

Para saber qual é a reputação de uma empresa, entre em contato com amigos nas redes sociais, procure informações em sites de defesa do consumidor e verifique se a marca se preocupa em atender os clientes em todos os momentos.

Com essas informações, você vai ser capaz de criar, ou não, uma relação de confiança com a empresa para compartilhar os seus dados e vender as suas milhas.

Como já dissemos no decorrer do texto, antes de anunciar em qualquer empresa não se esqueça de pesquisar todas as suas opções a fim de escolher o site que mais oferece segurança aos envolvidos. Dessa maneira, você vai contar com auxílio profissional e evitar que ocorram imprevistos durante a venda das suas milhas.

Por isso, no momento de escolher uma empresa que ofereça passagens com descontos gerados mediante os pontos de usuários que desejam vender as suas milhas, é essencial que ela se responsabilize por todo o processo de emissão, além de oferecer um atendimento diferenciado e que realize a transação de forma segura e rápida.

Vender milhas é uma estratégia muito rentável para quem está precisando de dinheiro com urgência ou tem outras prioridades, que não incluem viajar no momento. Independentemente de qual seja a sua necessidade, se você tem pontos acumulados que podem ser trocados por passagens aéreas, não perca tempo e anuncie!

Agora que você já sabe tudo sobre como vender milhas, continue a sua visita em nosso blog e saiba como acumular pontos no cartão de crédito!

Deixe um Comentário