Santiago

icon-desk-cama@2x Created with Sketch. Onde ficar
icon-desk-mapa@2x Created with Sketch. Como chegar
icon-desk-calendar@2x Created with Sketch. Quando ir
icon-desk-talher@2x Created with Sketch. Onde comer

Quer viajar para Santiago do Chile? Então aprenda com a gente a montar um roteiro incrível por uma das cidades mais charmosas da América Latina!

O Chile é um destino sul-americano bastante procurado pelos turistas, e grande parte disso se dá pelo fato de que a sua capital, Santiago do Chile, é capaz de agradar os mais variados gostos e perfis. Cosmopolita, cheia de história e com uma gastronomia de primeira, Stgo (como o nome é abreviado) reserva muitas surpresas para os seus visitantes, e as opções de passeios são muitas.

É justamente pensando em ajudar você a criar um roteiro inesquecível pela cidade que preparamos este post com as melhores dicas. A seguir, conheça um pouco mais sobre Santiago e o que faz do destino tão especial!

História da cidade

A história de Santiago do Chile começa em 1541. A cidade foi fundada pelo espanhol Pedro de Valdivia, com o nome original de “Santiago de Nueva Extremadura”, em homenagem ao santo patrono da Espanha, apóstolo Santiago.

A cerimônia que marcou o nascimento da cidade aconteceu, inclusive, no atual Cerro Santa Lucía, opção de passeio sobre a qual falaremos neste post. Palco da Guerra da Independência (1810-1818), após a vitória, Santiago logo foi nomeada capital do Chile em 1818.

O que faz da cidade tão especial

Quem vai a Santiago uma vez, certamente quer voltar mais e mais. Entre os motivos para isso está o fato de que a capital surpreende pela organização e limpeza, misturando história com modernidade em uma atmosfera cosmopolita. Os chilenos também merecem uma menção de destaque, já que se mostram educados e bem prestativos.

As belezas de Santiago são várias, como veremos adiante, e por si só já merecem a sua visita. No entanto, a viagem fica ainda mais especial quando consideramos que conhecer a capital é uma forma estratégica de visitar também outros lugares no Chile. Por conta de sua localização privilegiada, Santiago está a pouquíssimas horas das praias e, ao mesmo tempo, das badaladas estações de esqui.

Algumas curiosidades que deixam a cidade ainda mais interessante incluem o fato de que, por lá, se encontra a piscina que, em 2008, entrou para o Guinness como a maior do mundo. Além disso, nas vias públicas, hábitos comuns no Brasil como o consumo de bebida alcoólica em vias públicas e homens circulando sem camisa é proibido.

Atrações mais conhecidas para visitar

Em Santiago, há diversas coisas para fazer e lugares a visitar. Confira algumas das atrações mais conhecidas!

Cerro San Cristóbal

Esse é definitivamente um dos pontos mais bonitos de Santiago, localizado dentro do Parque Metropolitano (que também abriga um zoológico e jardim botânico). O Cerro está a mais de 850 metros da cidade, o que faz com que o visitante possa apreciar vistas panorâmicas e maravilhosas de todos os lados. Para chegar até lá, existem diferentes maneiras: ir de funicular, teleférico, de bicicleta ou a pé.

Mercado Central

Impossível passar por Santiago e não aproveitar para experimentar a verdadeira gastronomia chilena no Mercado Municipal de Santiago. Por lá, você estará cercado de barracas de frutos do mar, especiarias e alimentos frescos, além de restaurantes típicos e de atmosfera animada.

Palácio de La Moneda

O Palácio de La Moneda é um prédio construído no início do século XIV e onde se encontra a sede do governo chileno. Uma dica para quem quer conhecer o local é tentar assistir a troca de guardas, que ocorre todas as manhãs a partir das 10 horas. Já a visita por dentro do palácio deve ser agendada previamente online.

Plaza de Armas

Esse é um ponto histórico e não poderia ficar de fora da lista. Isso porque ele reúne, desde sua fundação, as principais construções da capital, entre elas, a Catedral Metropolitana, o Museu de Arte Sagrado e o Museu Histórico Nacional. Além disso, são comuns os eventos culturais por lá — como exposições, shows ao ar livre e feiras de antiguidades (que acontecem aos sábados).

Melhor época para viajar para Santiago

Temos uma excelente notícia: Santiago está preparada para receber a sua visita durante todo o ano. O período escolhido dependerá diretamente de seus objetivos: no inverno, a vantagem é que as estações de esqui estarão abertas e será possível aproveitar os famosos Andes. Já no verão, as temperaturas sobem e você pode aproveitar para conhecer o litoral — inclusive as charmosas Valparaíso e Viña del Mar.

A capital apresenta as quatro estações bem definidas, variando de 16°C e 35 ℃ no verão a 0°C e 13°C no inverno. Sendo assim, é preciso estar bem preparado e não deixar de colocar na mala as roupas mais apropriadas para cada época, como peças leves e agasalhos, gorros e luvas, respectivamente.

O clima é seco durante todo o ano, com períodos de chuva que vão entre os meses de maio e setembro. Para aqueles que querem ir para o Chile especialmente para conhecer uma estação de esqui, não é possível afirmar com segurança em quais dias começará e terminará as temporadas de neve. Contudo, ela costuma ir do final de junho até o término de setembro/início de outubro.

Ponto forte da gastronomia local

A gastronomia chilena, além de saborosa, é bastante diversificada. No entanto, por apresentar um extenso litoral, é natural que o foco da culinária do país esteja nos frutos do mar, como salmão, linguado, merluza, caranguejo (com destaque para a Centolla), camarão, lagosta, mariscos, ostras etc. Já os pratos misturam influências europeias e indígenas, com temperos na medida certa.

No entanto, quem não gosta de frutos do mar não precisa se preocupar. A gastronomia chilena é também famosa por suas parrillas, com cortes extremamente saborosos, e pelos pratos cheios de vegetais e cores. Além disso, em Santiago, você encontrará restaurantes para todos os gostos e estilos, dos mais turísticos e modernos aos mais tradicionais.

Os amantes do vinho têm mais um motivo para conhecer Santiago e arredores: isso porque o Chile é famoso por seus rótulos e produção vinícola. Outra bebida que também faz sucesso entre locais e turistas é o pisco, que é uma variedade de aguardente de uva. Por fim, uma opção não alcoólica bastante tradicional no país é o Mote con Huesillo, bebida que mistura suco de pêssego com grãos de trigo.

Viu só por que Santiago deve ser o destino para a sua próxima viagem? O melhor de tudo é que a capital chilena está a apenas 4 horas de voo de São Paulo e 4h40min do Rio de Janeiro. Dessa forma, é possível conhecer outro país e ainda economizar nas passagens aéreas!

Gostou de saber mais sobre Santiago do Chile? Então compartilhe o post com seus amigos nas redes sociais e faça com que mais pessoas conheçam esse destino! 

Deixe um Comentário