16 melhores lugares para fazer intercâmbio

Fazer intercâmbio é muito mais que viajar. É conhecer a fundo outros países, viver uma imersão cultural, aprender novos idiomas e sair da zona de conforto. E por mais complicado que possa parecer, há vários destinos para fazer intercâmbio que combinam com os mais diversos objetivos. 

Um intercâmbio oferece inúmeras vantagens. O conhecimento e vivência ajudam a abrir portas na área profissional, além de permitir maior autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.

E o melhor: existem intercâmbios para diferentes finalidades, sempre atrelados ao aprendizado de um idioma, o que torna a oportunidade mais democrática.

Enquanto adolescentes podem ficar alguns meses em outro país para cursar o Ensino Médio (o famoso High School), adultos e jovens adultos podem optar pelos melhores lugares para fazer intercâmbio de trabalho, para cursar o Ensino Superior ou simplesmente aprender uma nova língua.

Quem já está na terceira idade também pode optar por vivenciar algo novo, em outro país, por meio de intercâmbios pensados exclusivamente para esse público.

Ou seja: a idade jamais deve ser desculpa para não dar o primeiro passo!

Conheça, agora, os melhores lugares para fazer intercâmbio e comece a planejar o seu.

Melhores lugares para fazer intercâmbio em Inglês

1 – Canadá

Vista aérea de uma cidade no Canadá

País muito rico culturalmente, o Canadá sempre esteve de portas abertas para a diversidade. Pessoas de todos os lugares do mundo vão ao país para estudar idiomas.

Uma das línguas oficiais do país é o inglês. Com menor exigência burocrática para o visto e estudos mais baratos do que em outros destinos famosos, o país permite que quem tem visto com estadia superior a 6 meses trabalhe. 

Isso sem falar no compromisso governamental com todos os direitos humanos. Por exemplo, você sabia que a equipe ministerial do Canadá é igualmente formada por homens e mulheres? Além de haver representantes de quase todas as religiões e gêneros listadas no país? Se você procura qualidade de vida e acolhimento, o Canadá é para você.

    2 – Nova Zelândia

    montanhas e lago da Nova Zelândia

    Além das paisagens exuberantes do país, perfeitas para o turismo, quem quer estudar por até três meses na Nova Zelândia não precisa de visto! 

    Aliás, não é necessário visto para ficar até 90 dias no país. E caso seu curso tenha 14 semanas ou mais de duração, e seja chancelado à NZQA (New Zealand Qualifications Authority), você ainda ganha permissão para trabalhar no país.

    E não poderia faltar aquela dica extra, né? Se você é fã de filmes como “Senhor dos Anéis” e “Crônicas de Nárnia”, esse é o país para viver por um tempo. As paisagens espetaculares cinematográficas são de lugares reais da Nova Zelândia. Que tal viver com uma vista dessas, hein?

      3 – Irlanda

      Casas na beira de um rio na Irlanda

      Na capital da Irlanda, Dublin, você pode desfrutar de uma ótima qualidade de vida com cursos excelentes para quem quer aprender inglês. Quem tem visto de estudante pode trabalhar por até 20 horas semanais na Irlanda.

      Por esse motivo, muitas pessoas decidem estudar inglês por lá, pois, com o dinheiro que ganham, conseguem pagar suas despesas mensais. Além disso, morar na Irlanda é um pouco mais barato do que morar na Inglaterra, por isso, é o destino europeu mais buscado pelos brasileiros.

      Dublin também é considerada um templo cervejeiro. Então, quem aprecia a bebida e a vida boêmia vai amar esse país. Imagine, um happy hour nas melhores cervejarias do mundo a um preço acessível na moeda local. Imaginou? Seu sonho pode se tornar realidade na Irlanda.

      4 – Malta

      Cidade de Malta vista à distância.

      Malta, país localizado no sul da Europa, tem se tornado muito atrativa para pessoas que pensam em estudar inglês e aproveitar as férias ao mesmo tempo. Com praias paradisíacas e clima mediterrâneo, esse é o local para quem quer fugir do frio.

      Outra peculiaridade do país é o idioma. Embora suas línguas oficiais sejam o maltês e o inglês, é muito comum que seus habitantes falem e se comuniquem em italiano, já que o país fica a menos de 100 Km da Sicília.

      Malta é o destino perfeito para quem se liga em história e quer saber um pouco mais sobre a mescla da civilização ocidental e oriental. Com a arquitetura preservada desde o século XV, a capital Valeta foi construída pelos Cavaleiros da Ordem de São João.

        5 – Reino Unido

        Vista da ponte e do Big Ben à distância no fim de tarde

        Com algumas das melhores universidades do mundo, o Reino Unido é um país que recebe milhares de estudantes todos os anos. Inclusive, é um dos destinos mais tradicionais para intercambistas do mundo todo por este motivo.

        Com paisagens que mesclam o clássico e o moderno, viver nesse país é um show de aventuras e descobertas. Alguns dos pontos turísticos que devem entrar para o roteiro de viagem são o Big Ben, o Stonehenge e o Palácio de Buckingham.

        Ah! E para os amantes do gênero cinematográfico/literário “terror”, é a oportunidade perfeita de passar o Halloween em uma das paisagens mais assustadoras e famosas da terra: o Lago Ness. Quer aventura maior que essa?

        6 – Estados Unidos

        Estátua da Liberdade e cidade ao fundo

        Os Estados Unidos continuam sendo o país de preferência de muitos estudantes. Principalmente, pelo alto número de parcerias com universidades brasileiras.

        Além disso, graduações e mestrados são muito bem aceitos, devido a oportunidade de desenvolvimento de pesquisas. Também é preciso destacar que nos Estados Unidos estão várias referências de diversão e cultura do mundo globalizado, como: Disney, Las Vegas, Nova York, etc.

        Dica amiga para quem vai mudar para os EUA: é cultural que se dê a famosa “gorjeta” para todos atendentes. Inclusive, eles reparam muito nisso. 

        7 – Austrália

        Vista à distância de uma cidade na Austrália

        Apesar de estar longe do Brasil, é possível encontrar cidades com climas muito parecidos aos das cidades brasileiras. O visto de estudante australiano é semelhante ao irlandês, e, por isso, muitas pessoas optam por viajar para o país para estudar inglês ou algo mais especializado, como cursos técnicos, graduação, etc. Por ser um país longínquo, é comum programas de incentivo à imigração para mão-de-obra qualificada (imigrantes com emprego, curso superior ou atividades específicas). Fique de olho!

        Outro fator que torna a Austrália uma experiência única é sua “estranheza”. No país, por exemplo, é possível ver neve e tomar banho de mar no mesmo dia! Além disso, a Ópera de Sydney é muito popular, encantando todos os turistas, principalmente com a queima de fogos da virada de ano.

        8 – África do Sul

        Vista aérea da cidade do Cabo na África do Sul

        Quem não considera a África do Sul na hora de planejar um intercâmbio de inglês está cometendo um erro, sabia?

        O país, de cultura riquíssima e diferente de tudo que você irá encontrar em outros continentes, possui programas de aprendizado com preços mais acessíveis, quando comparado a outros destinos mais tradicionais.

        A vivência com uma nova realidade e a possibilidade de fazer trabalhos voluntários durante as semanas de estadia também são fatores que atraem cada vez mais pessoas para lá, mais especificamente para cidades como Joanesburgo e Cidade do Cabo.

          Destinos para quem busca intercâmbio em Espanhol

          9 – Argentina

          Vista aérea de Buenos Aires na Argentina

          Quer aprender espanhol, pagar pouco  e, ainda, ficar pertinho de casa? A Argentina é um lugar cheio de cultura, entretenimento e ótimas oportunidades para aprofundar seus conhecimentos.

          Na capital, Buenos Aires, os preços saem bem em conta e você pode se adaptar com facilidade ao clima e ao fuso horário. Além disso, a qualidade de vida é excelente, o transporte público é eficiente e você pode aproveitar para visitar outras cidades, como Córdoba. Pode visitar também outros países, como o Uruguai.

          E dica especial para as leitoras que vão fazer intercâmbio. O badalado bairro de Puerto Madero é uma verdadeira homenagem às mulheres. Todas as ruas levam o nome de figuras femininas históricas. Vale a pena conferir!

          10 – Espanha

          Vista da fonte e de uma construção da Espanha

          Um dos destinos mais famosos da Europa, a Espanha figura entre os destaques na lista de lugares para fazer um intercâmbio de espanhol.

          Além do idioma em si, que pode ser aprendido e aperfeiçoado por meio de aulas em Madri, Barcelona ou outra cidade de sua preferência, o intercambista também mergulha em uma cultura espetacular!

          A arquitetura, a culinária e a história fazem da Espanha um ótimo país para intercâmbio. Além disso, a população é mais acolhedora em comparação com a maior parte dos países europeus, e o clima é ameno e agradável na maior parte do ano. 

          11 – México

          Cidade no México

          Estudar no México pode ser mais barato do que fazer um intercâmbio na Espanha (a depender de suas escolhas como estudante), e há, ainda, a vantagem de estar em um país igualmente incrível.

          Cada cidade mexicana oferece uma experiência diferente, mas sem nunca te deixar esquecer que está em um país berço de importantes civilizações e com uma riqueza histórica única! 

          Aliás: que tal aproveitar o intercâmbio para fazer, também, aulas sobre a história local? 

          Destinos para quem busca intercâmbio em francês

          12 – França

          Torre Eiffel em Paris

          Para quem tem o objetivo de fazer um intercâmbio para estudar francês, nada melhor do que ir direto na fonte, não é mesmo? Se esse é o seu objetivo, a França definitivamente deve ser considerada!

          Ao escolher especificamente Paris, você provavelmente terá o apoio de uma instituição de ensino renomada, além de estar em uma cidade repleta de surpresas, de cultura e de uma culinária de excelência, apreciada no mundo todo.

          Nada mal para um intercâmbio, hein?

          13 — Suíça

          vista à distância de uma cidade na Suíça

          Se você quer aprimorar seu francês em um destino diferente da França, coloque a Suíça entre suas possíveis escolhas.

          Sim, a ideia parece um pouco inusitada, mas leve em consideração que o país, por fazer fronteira com a França, possui uma região linguística focada no francês, que é um de seus idiomas oficiais.

          Trata-se de um destino bem menos óbvio para esse tipo de intercâmbio, mas igualmente encantador. Imagine estar perto das fantásticas paisagens suíças, poder provar dos famosos chocolates… Comece a se planejar para ver tudo isso de perto!

          14 — Canadá

          O Canadá aparece pela segunda vez nessa lista, mas dessa vez por causa de seu segundo idioma oficial: o francês. Para quem busca a experiência de viver na região canadense, mas quer algo diferente do inglês, a solução é ir para a província de Quebec. 

          Com temperaturas muito baixas no inverno, Quebec é patrimônio histórico da humanidade desde 1985

          Há um destino perfeito para quem busca aprender mandarim

          15 – China

          Vista aérea de uma cidade na China

          Que tal fazer um intercâmbio para aprender mandarim? O melhor lugar para isso é, sem dúvidas, a China! 

          Com uma cultura singular e milenar, o país se destaca em relação ao ensino, tanto de locais quanto de estrangeiros. Some a isso o fato de que, ao ser um intercambista na China, você terá a chance de transitar por cidades como Shangai e Xian, estando pertinho de atrações como a Muralha da China e os Guerreiros de Terracota.

          Conseguimos te ajudar a decidir? Não importa a sua escolha, você encontra as passagens para a viagem da sua vida na MaxMilhas. Acesse nosso site e compre passagens aéreas ainda mais baratas!

          Deixe um Comentário