Conheça a história e as curiosidades do estádio Maracanã

Você tem certeza de que conhece o Maracanã? Leia este texto e descubra — de verdade — as particularidades do estádio mais importante do Brasil!

O estádio do Maracanã é um dos grandes patrimônios materiais do Brasil. Palco de vários eventos importantes ao longo da nossa história, de finais de Copa do Mundo a espetáculos musicais épicos, o complexo esportivo se prepara agora para sediar a Copa América 2019.

Neste texto, você vai conhecer melhor as particularidades do Maracanã, localizado no bairro de mesmo nome, na região da Tijuca/Grande Tijuca na Zona Norte do Rio de Janeiro. Casa do futebol brasileiro, esse cartão-postal já foi o maior estádio do mundo em capacidade de pessoas. Mas, apesar de ter perdido o posto, sua grandiosidade ainda é reconhecida mundialmente.

Curioso para saber mais sobre esse verdadeiro templo sagrado do esporte? Então vamos nessa!

Acesso ao Maracanã

Primeiro, as prioridades. Se você pretende visitar o estádio ou assistir a alguma partida lá, precisa saber como chegar no local. Para quem vai de transporte público, há linhas de metrô próximas ao destino.

A escolha da melhor estação de desembarque depende do portão de acesso ao qual você precisa chegar. Veja abaixo:

  • Estação Maracanã: portões A, B e C;
  • Estação São Cristóvão: portões D, E e F;
  • Estação São Francisco Xavier: portões C, D e E.

O BRT e o Trem também são conectados às duas primeiras estações. Ou seja: fica fácil chegar de qualquer canto da cidade maravilhosa.

O transporte público é a melhor opção para quem deseja acessar o lugar em dia de jogos e eventos, já que as vias ao redor dele ficam fechadas.

História do estádio

Chamado oficialmente de Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã foi inaugurado no dia 16 de junho de 1950. Construído para a Copa do mundo daquele mesmo ano, foi erguido onde ficava o terreno de um clube para corridas de cavalos.

O Maraca já nasceu com a alcunha de maior estádio do mundo, com capacidade para 166.369 espectadores. No final da Copa de 50, estima-se que chegou a receber 200 mil pessoas. Atualmente, depois das recentes reformas, consegue comportar pouco mais de 78 mil em sua plateia.

Sua primeira reestruturação aconteceu em 1999, para a realização do Mundial de Clubes FIFA de 2000. Depois, o estádio ficou fechado entre 2005 e 2006 para reparos visando a solenidade de abertura dos Jogos Pan-americanos de 2009.

Por fim, a reforma foi refeita para receber a Copa do Mundo de 2014, e o Maracanã passou a ter um único lance de arquibancadas.

Curiosidades do Maracanã

Você sabia que foi nesse estádio onde Pelé estreou na seleção brasileira, em 1957? Também foi lá onde o rei marcou seu milésimo gol, em 1969. Pois é, o Maraca não é o templo do futebol por acaso. No estádio, aconteceram momentos marcantes do esporte.

Seu gramado de 75 metros de largura por 110 de comprimento viu Zico marcar 333 gols e se tornar o maior artilheiro do Maracanã. Lá também aconteceram duas finais de Copa do Mundo (1950 e 2014), marca igualada apenas pelo estádio Azteca, no México.

Em 2016, o Maracanã tornou-se o primeiro estádio não olímpico do mundo a sediar tanto a abertura quanto o encerramento de Jogos Olímpicos. E não foi a única festança que a estrutura de 68 anos já viu. Em 1990, Paul McCartney entrou para o livro dos recordes pela maior plateia em apresentação solo até aquele tempo: 184 mil pessoas.

Antes disso, em 1980, o estádio havia recebido Frank Sinatra para uma apresentação que ficou marcada na história do cantor e do show business brasileiro. Produzido pelo empresário Roberto Media, o espetáculo atraiu 150 mil pessoas e foi quem deu a ele a ideia de criar o festival Rock in Rio.

Além dos cantores, também passaram pelo estádio Madonna, Rolling Stones, Tina Turner e o Papa João Paulo II, que realizou missas campais no Maracanã em 1980 e 1997.

Atrações ao redor do estádio

Além de visitar o Maracanã e conhecer todo o complexo esportivo, que conta com o Parque Aquático Júlio de Lamare e a arena poliesportiva Maracanãzinho, o visitante também pode ter acesso a várias relíquias desportivas.

Entre elas, estão a bola do milésimo gol de Pelé e uma Calçada da Fama que reúne as marcas dos pés de jogadores como Garrincha, Zagallo e o próprio Rei do Futebol.

Além disso, o turista pode desfrutar de uma área de 50 mil metros em volta do estádio, que foi transformada em parque na última reforma para a Copa. O local tem sido ponto de encontro de ciclistas e praticantes de atividades físicas.

Para quem gosta de beber aquela cervejinha com petisco, também não faltam opções de bares e restaurantes ao redor do estádio, que entram no clima de suas competições esportivas. Um exemplo é o Show de Bola, com cardápio variado e atendimento elogiado pelos frequentadores.

Se você quer incluir o Maracanã no seu roteiro do dia e visitar atrações turísticas próximas, vale conferir o Zoológico do Rio, o barracão da Mangueira e o Parque Municipal Quinta Da Boa Vista.

Acessibilidade no Maracanã

O estádio foi modernizado para atender a todas as pessoas. Há assentos para obesos, piso tátil para deficientes visuais e área reservada para pessoas com necessidades especiais. Além disso, as rampas de acesso existentes foram recuperadas e foram construídos outros quatro conjuntos de entradas e saídas, facilitando o acesso ao interior.

A nova estrutura é moderna e está de acordo com normas internacionais de segurança, logística e sustentabilidade. Os assentos retráteis, por exemplo, contam com proteção antichamas e são produzidos com materiais recicláveis, como garrafas PET. A cobertura capta a água da chuva para reutilizá-la em banheiros e painéis solares foram instalados para captar energia.

O Maracanã, templo sagrado do esporte brasileiro, povoa a mente de toda a nação. E, depois de ler esse texto, você pode dizer que conhece para valer o estádio!

Se você pretender visitar o Rio de Janeiro, não deixe de incluí-lo na sua rota de atrações turísticas. E, caso você ainda não saiba onde se hospedar na cidade maravilhosa, pode ser uma boa ideia ficar pertinho do estádio para facilitar a locomoção até lá e não perder nenhum lance!

Gostou do nosso post sobre o Maracanã? Então conheça melhor os outros estádios do Brasil que vão sediar a Copa América 2019!

Deixe um Comentário