Guia Completo dos estádios da Copa América 2019

Já pensou em assistir a um jogo de futebol da nossa seleção? Conheça os estádios da Copa América 2019 e programe-se para viver essa experiência!

A Copa América de 2019 vai ser sediada no Brasil no mês de junho e nós mal podemos esperar para torcer junto pelas principais seleções da América do Sul em um campeonato que reúne alguns dos melhores jogadores do mundo.

Pensando nisso, elaboramos este guia completo com todos os estádios brasileiros que farão parte deste evento! Assim, você vai conseguir se programar com antecedência para aproveitar os jogos diretamente da arquibancada!

1. Mineirão

Mineirão - Estádios da Copa América 2019

Também conhecido como o Gigante da Pampulha, o estádio localizado na cidade de Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais, é a casa dos times Cruzeiro Esporte Clube e Atlético-MG.

O Estádio Governador Magalhães Pinto é de propriedade do estado de Minas Gerais e teve sua construção iniciada em 1959 na região de Pampulha, em um terreno que foi disponibilizado pela UFMG. Em 1965 se deu uma partida da seleção mineira contra o River Plate da Argentina, o duelo marcou a inauguração dessa grande arena.

Passando por uma revitalização no 2010, esse espaço foi um dos lugares escolhidos para sediar algumas partidas da Copa do Mundo de 2014. A reforma modernizou o espaço e o transformou em uma das mais modernas arenas no país.

O estádio é o terceiro maior em capacidade no Brasil e já foi palco de importantíssimos confrontos, como 5 finais de taça Libertadores. Uma das principais partidas que já aconteceram por lá foi o famoso Alemanha x Brasil, com o placar de 7 x 1 durante a semifinal da Copa do Mundo de 2014.

Por sua fácil localização, a região conhecida como Pampulha recebe diversos turistas e moradores locais que usam as redondezas do lugar conhecido como lagoa, cartão-postal da capital mineira e que tem um perímetro de 18 km para a prática de atividades físicas e esportes.

Vale a pena passar pelo Conjunto Moderno da Pampulha, um projeto arquitetônico elaborado por Oscar Niemeyer, Roberto Burle Marx e Cândido Portinari e que é composto pela Casa do Baile, Iate Tênis Clube, Igreja São Francisco de Assis e Museu de Arte da Pampulha.

Para os amantes da autêntica culinária mineira, vale a pena passar pelo famosíssimo Braga Pão de Queijo, localizado dentro do próprio Mineirão que consta com opções deliciosas de pães de queijo, além de almoços saborosos! Ainda nos arredores do estádio tem também o Farroupilha Grill, uma churrascaria com excelentes opções de carnes e saladas.

Para chegar até o estádio é possível utilizar diferentes linhas de ônibus MOVE que vão até a UFMG e caminhar 1,7 km até o destino. Algumas outras linhas com direção à Pampulha também são uma opção, como a linha MOVE 51 (Estação Pampulha/Centro/ Hospitais – Paradora, a linha MOVE 63 (Estação Venda Nova/Lagoinha), linha MOVE 64 (Estação Venda Nova/Assembleia via Carlos Luz).

Para os motoristas que preferirem ir de carro ou moto, o estádio tem 2.800 vagas de estacionamento habilitadas e que são gerenciadas pelos funcionários de trânsito que repassarão informações sobre superlotação.

Se você gostou de aprender sobre o Mineirão e quer conhecê-lo, vale a pena saber onde se hospedar pela região. A Pampulha é a escolha mais clássica, já que em qualquer hotel você estará próximo ao estádio.

Escolhido para ser um dos estádios da Copa América 2019, durante a fase de grupos o Mineirão receberá os jogos entre Uruguai x Equador, Argentina e Paraguai, Bolívia e Venezuela e Equador e Japão.

2. Arena Corinthians

Arena Corinthians - Estádios da Copa América 2019

A casa do Sport Club Corinthians Paulista, também conhecida como Itaquerão, é uma arena localizada na zona leste da cidade de São Paulo. As obras do estádio foram iniciadas no de 2011 e ele foi inaugurado em 2014.

A partida de estreia foi um duelo entre as estrelas do Corinthians, mas, na realidade, foram 6 jogos, cada um com duração de 15 minutos para poder prestigiar as 100 estrelas corintianas que estiveram presentes nesta data festiva.

A arena se tornou um grande estádio na cidade de São Paulo e recebeu 6 partidas durante a Copa do Mundo de 2014, entre eles a cerimônia de abertura. Sua capacidade estimada é de 49.205 torcedores, que podem prestigiar os eventos no bairro de Itaquera.

Sua localização proporciona uma abrangência de transportes coletivos, o que faz com que seja fácil chegar até o estádio. É possível utilizar as estações do metrô Artur Alvim e Corinthians-Itaquera, ambas da linha 3-vermelha que deixam os torcedores a apenas 800 metros do campo.

Para quem quer chegar dirigindo ou utilizando o sistema de ônibus da capital paulista, é bom ter em consideração que devido à fiscalização no entorno do estádio somente os profissionais autorizados poderão passar por um perímetro delimitado. Portanto, os que não fizerem parte da imprensa terão que estacionar a uma distância de 2 km e seguir caminhando.

A melhor opção para quem quer se hospedar em São Paulo e aproveitar os jogos na arena é buscar hotéis que sejam próximos à linha vermelha do metrô. Eles deixarão os torcedores em uma posição estratégica, se tornando fácil chegar até o estádio a qualquer momento.

Na dúvida sobre em qual lugar comer em São Paulo, há algumas opções ao redor do estádio que você não deve perder. A cadeia mundial de pizzas Domino’s está presente no interior da arena e é ideal para quem curtir uma deliciosa massa pan. Para os apaixonados por futebol, há também sedes de torcidas organizadas que movimentam e empolgam os times nos dias de jogos.

3. Morumbi

Morumbi - Estádios da Copa América 2019

Um dos estádios mais belos na cidade de São Paulo fica localizado no emblemático bairro do Morumbi. A arena que leva o nome de Cícero Pompeu de Toledo ganhou carinhosamente o apelido da região onde foi construída.

O poderoso Morumbi, casa do São Paulo Futebol Clube, é um estádio que demorou 18 anos para ser construído e foi finalizado no ano de 1970. Para a época foi um gigantesco projeto arquitetônico, estimado para abrigar até 150 mil torcedores.

Além de futebol, a casa do tricolor paulista ficou conhecida por receber diversos eventos não esportivos, sejam eles religiosos ou espetáculos na área do entretenimento. Milhares de artistas já passaram pela capital do estado, realizando espetáculos inesquecíveis no belíssimo estádio — Lady Gaga, Madonna, Michael Jackson e Queen, para citar alguns.

Por sua estrutura surpreendente o Morumbi foi um projeto à frente de sua época, mas que teve que passar por restaurações em sua estrutura, o que gerou a construção de novos camarotes e áreas VIP, o que diminuiu a sua capacidade total para 66 795 espectadores.

Chegar até o Morumbi pode ser uma aventura em dias de jogos ou espetáculos. Usando o transporte público, uma alternativa é descer na estação São Paulo-Morumbi da linha 4-Amarela do metrô paulistano que fica de frente para o shopping Butantã, e de lá caminhar cerca de 1,5 km até o Morumbi. Existem também algumas linhas de ônibus que fazem o trajeto até o estádio, como 775F-10 (Hosp. das Clínicas – Jd. das Palmas) e 8605-10 (Term. Campo Limpo).

Existe a opção de ir de carro, mas vale lembrar que as vagas de estacionamento ao redor do local são escassas em dias de evento, por isso, recomendamos utilizar outras possibilidades, como táxi e aplicativos de transporte particulares.

Vale a pena conhecer os restaurantes da região, como o tradicional Amani, especializado em culinária árabe e com uma vista panorâmica dentro do estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi.

4. Maracanã

Maracanã - Estádios da Copa América 2019

Rio de Janeiro é um dos principais destinos turísticos do Brasil e do mundo, principalmente pelas suas atrações. Entre os locais mais procurados dos turistas, está o Maracanã, estádio que recebeu a Copa América 2019 e um dos mais famosos do mundo do futebol, que marcou história em muitos jogos e espetáculos artísticos.

Construído em 1950 para a Copa do Mundo realizada no Brasil e com uma capacidade para 166.369 pessoas, o estádio era considerado o maior do mundo. Contudo, após algumas reformas esse número foi reduzido para 114 mil espectadores.

A Copa de 50 no Maracanã marcou a nossa seleção brasileira, primeiramente pela final que foi perdida contra o Uruguai por 2 a 1, no jogo conhecido como “Maracanazzo”. Esse jogo também foi determinante para que o Brasil deixasse de lado o uniforme branco e adotasse a camisa canarinho.

Outra atração dentro do estádio é o museu temático que conta com taças, fotos exclusivas, uniformes dos principais nomes do futebol nacional, loja de souvenirs. Além disso, existe um Hall da Fama onde os jogadores deixam as suas marcas.

O Maracanã foi além do esporte e também se transformou em um palco para grandes espetáculos. Sendo assim, além de agitar a capital carioca com os jogos dos principais campeonatos do Brasil, diversos shows já foram realizados no espaço.

Entre os artistas nacionais e internacionais que já se apresentaram no Maior Templo de Futebol e Estádio do Mundo estão Paul McCartney, Rolling Stones, Ivete Sangalo, Madonna, RBD, Tina Turner, Foo Fighters e Sandy & Junior.

O seu nome oficial é Mário Filho, porém, por conta do bairro no qual está localizado o estádio ficou conhecido como Maracanã. Além do campo de futebol, a sua maior atração, o complexo desportivo também têm com o Maracanãzinho, parque aquático com piscinas olímpicas e pistas de atletismo.

Depois das reformas para a Copa do Mundo de 2014, o estádio agora segue as normas internacionais de segurança, acessibilidade, logística e sustentabilidade, com uma capacidade atualizada para 78.838 torcedores.

Os visitantes que desejam vivenciar uma partida de futebol no local encontram lanchonetes e bares, cadeiras retráteis divididas em cores, cinco níveis de assentos, divisões para facilitar o acesso de diferentes entradas e, além disso, a sua estrutura também inclui espaços adaptados para obesos, pessoas com necessidades especiais e piso tátil para deficientes visuais.

Para quem deseja apenas visitar o espaço do Maracanã sem assistir a um jogo, existem tours exclusivas que levam grupos para áreas especiais do estádio, incluindo o Museu, Hall da Fama e Calçada da Fama.

No Bairro Maracanã, na região da grande Tijuca, os visitantes também encontram diferentes opções de hospedagem e alimentação, o que é uma ótima escolha para quem deseja de deslocar nessa região. Existe uma variedade grande de restaurantes econômicos e requintados, desde buffets até rodízios.

Os hotéis para os turistas não deixam a desejar no entorno do Maracanã, as acomodações disponíveis contam com diárias que podem variar de R$100 até R$600, dependendo da sua escolha.

O transporte público na região é uma ótima opção de locomoção, para chegar até o estádio. Usando o metrô basta desembarcar na estação Maracanã e você estará a 280 metros da entrada. As alternativas também incluem o trem que está ligado com o metrô ou ônibus, que contam com diversas linhas como, 457, 621 e 238.

Além de ser um dos estádios da Copa América 2019, o Maracanã vai ser o palco da grande final da competição, no dia 07 de julho às 17:00 (Horário de Brasília).

5. Fonte Nova

Arena Fonte Nova - Estádios da Copa América 2019

A capital baiana conta com um dos estádios mais famosos do país, o espaço já foi palco de grandes jogos e shows que animaram o público. Chamada de “Itaipava Arena Fonte Nova”, a construção do principal estádio do Estado da Bahia, atraiu elogios de todo o mundo pela sua inovação em ações sustentáveis de última geração.

A Arena Fonte Nova, como ficou conhecida, foi inaugurada em 2013 depois que a antiga estrutura do estádio Octávio Mangabeira teve de ser implodida para a construção do novo espaço para sediar a Copa do Mundo de 2014. Uma das suas principais conquistas foi a velocidade na elaboração do projeto, sendo consagrado como o quarto mais rápido a ser concluído para a maior competição global da atualidade.

Quando o tema é sustentabilidade, a Fonte Nova se destaca com a sua estrutura. A prioridade da construtora foi a capitalização dos recursos naturais para a economia de água e luz. Sendo assim, o estádio consegue armazenar a água para o reaproveitamento em irrigação do gramado, por exemplo, economizando cerca de 70% do consumo em épocas de chuva e 20% em períodos de estiagem. Isso significa uma captação de 37.000 m³ de água pluvial por ano.

Além disso, o ambiente também conta com um grande painel solar para a geração de energia que vai aquecer a água quente dentro dos vestiários dos jogadores durante as partidas e na coleta seletiva de resíduos.

Com uma capacidade para receber cerca de 48.000 visitantes na arquibancada, a Arena conta com três níveis de cadeiras, setores cobertos, camarotes, duas mil vagas de estacionamento e um restaurante panorâmico. Além disso, a sua estrutura conta com quiosques, sanitários, sala de imprensa, elevadores e centro de negócios, que funciona mesmo em dias de jogos.

Mesmo com o esporte sendo o seu principal foco, o estádio também está apto para receber diferentes tipos de eventos, desde congressos até apresentações artísticas. As suas arquibancadas foram projetadas próximas ao gramado, que oferece uma melhor experiência ao público e favorece a acústica do lugar. Entre as dezenas de artistas que já se apresentaram no local, estão nessa lista Elton John, David Guetta, Dire Straits Legacy, Paul McCartney e Ivete Sangalo.

Entre os principais times do estado, que são o Bahia e o Vitória, apenas o Bahia tem os seus jogos no estádio, uma vez que o Vitória conta com o seu próprio estádio, o Barradão. Durante a Copa do Mundo de 2014, a Arena Fonte nova recebeu os atletas das seleções da Espanha, Alemanha, Holanda, Portugal e França.

Quer conhecer a Fonte Nova sem precisar comparecer a uma partida ou show? O estádio também oferece tours personalizados para os visitantes! A “Melhor Arena do Mundial do Brasil”, como ficou apelidada pelo público, proporciona uma visita guiada completa por todos os setores do lugar, mostrando de forma emocionante a história da região, incluindo sua construção e a reforma para os eventos que já foram estruturados no espaço.

A Arena está localizada no Dique do Tororó, região central de Salvador e a cerca de 27 km do Aeroporto Internacional. Para se locomover usando ônibus é preciso usar as linhas que deixam os passageiros nas principais avenidas, como a Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô) e a Avenida Vasco da Gama, e seguir até o estádio caminhando. O metrô da cidade também conta com estações próximas, que dispõem de paradas a cerca de 5 minutos de caminhada do destino. São elas: Campo da Pólvora e Brotas.

Outro ponto positivo do projeto da Arena Fonte Nova é que em seu entorno está incluso no planejamento. Isso permitiu a transformação da área em um grande centro comercial disponível ao público 24 horas por dia, incluindo shoppings, parques, torres comerciais e universidades.

Quem deseja visitar a capital baiana conta com uma facilidade muito boa de transporte, uma vez que a cidade tem metrô, ônibus, táxis e aplicativos de motoristas particulares. Sendo assim, é possível se hospedar em qualquer região e as mais procuradas pelos turistas são:

  • Centro Histórico: onde é possível visitar o Pelourinho e conhecer a Cidade Baixa;
  • Na Orla Central, que é uma unificação dos bairros: Rio Vermelho, Ondina e Barra;
  • Nos bairros Flamengo e Itapuã, localizados em uma região mais afastada do centro da cidade, porém, próximos ao aeroporto.

Visitar Salvador para conhecer a Arena da Fonte Nova e não provar os pratos típicos da Bahia não é uma opção. Por isso, não deixe de conhecer alguns dos principais restaurantes da cidade que oferecem as receitas mais cobiçadas do estado, como: Acarajé, Bobó de Camarão, Moqueca Baiana e a Cocada. Entre as escolhas preferidas dos visitantes e moradores, estão o Restaurante Kimukeka, Cuco Bistrô e Donana.

6. Arena do Grêmio

Arena do Grêmio - Estádios da Copa América 2019

A capital do Rio Grande do Sul conta com um dos centros esportivos mais bonitos do Brasil. É em Porto Alegre que está localizada a Arena do Grêmio, conhecido como o maior estádio multiuso da América Latina.

A sua capacidade de público inicial foi projetada para receber 56.500 pessoas, porém, o recorde de visitantes registrado foi de 60.540 torcedores. A Arena conta com uma área de 200 mil metros quadrados que oferecem 58 bares, 34 cabines de imprensa, 5.400 vagas de estacionamento, 135 camarotes, 90 banheiros e 106 assentos para deficientes.

Uma das principais preocupações dos engenheiros responsáveis pela obra foi a acessibilidade, por essa razão, nenhuma pessoa portadora de necessidades especiais precisa subir um degrau sequer para acessar a Arena.

Outra curiosidade sobre o estádio é que os seus setores são divididos por letras, que buscam agilizar a entrada e saída do público. Porém, devido à rivalidade com o outro time gaúcho, o Internacional, a letra I não foi incluída nessa setorização, por isso, o setor H pula diretamente para o J.

A Arena do Grêmio foi construída com toda a atenção do mundo, tanto é que o padrão de estádios usado o projeto é o UEFA, que exige requisitos superiores aos da FIFA. Sendo assim, o espaço é o único do Brasil capaz de receber uma partida no nível dos jogos europeus.

Além disso, a Arena recebeu os jogos da Copa do Mundo, sendo palco para espetáculos das seleções da Argentina, Alemanha, França e Holanda. Além de jogos com a seleção brasileira, que animaram a torcida.

É possível chegar no estádio por um trem saindo da estação do Mercado Público e descer na Anchieta, depois, basta caminhar cerca de 2 km. A linha 703 do ônibus também deixa você pertinho da Arena.

Para os visitantes que desejam conhecer a área e o Museu do Grêmio, em dias que não estejam ocorrendo eventos no local, é possível adquirir o pacote “Arena Tour”, um passeio de aproximadamente 70 minutos que mostra toda a estrutura do lugar.

Porto Alegre é uma capital completa, sendo assim, se você deseja conhecer a Arena, não deixe de realizar uma caminhada pelo Centro Histórico, aproveitar o pôr-do-sol na orla do Guaíba e os pratos típicos do estado. As principais receitas incluem Arroz Carreteiro, Costela Assada, X-Gaúcho e o famoso Rodízio de Churrasco.

Nos arredores do estádio você pode encontrar todas essas delícias gastronômicas em diferentes restaurantes para todos os gostos e orçamentos. Alguns dos favoritos entre o público frequente da Arena estão o Piazza Aurora, Taberna e Hamburgueria do Grêmio.

Outro ponto que não podemos deixar de fora é a acomodação para quem deseja conhecer Porto Alegre e visitar a Arena do Grêmio. A seguir, listamos os principais bairros que você pode escolher na hora de programar a sua viagem para a capital gaúcha:

  • Moinhos de Vento: a região conta com vários hotéis, parques e segurança. É uma ótima opção para todos os viajantes, principalmente turistas com famílias que buscam tranquilidade;
  • Floresta: o lugar ideal para quem busca facilidade para se locomover na cidade, a região é estratégica para terminais de ônibus, rodoviária e metrô;
  • Cidade Baixa: o bairro preferido dos jovens e fãs de vida noturna. Essa região está repleta de restaurantes com bons preços, festas animadas e uma grande variedade de hotéis e hostels.

Durante a Copa América de 2019, a Arena do Grêmio foi escolhida para receber os seguintes jogos na fase de grupos: Venezuela e Peru, Uruguai e Japão, Argentina e Qatar.

Sabe qual é uma das coisas mais legais desses lugares? É que todos eles são estádios da Copa América 2019! Por isso, não deixe de conferir o calendário de jogos e programe a sua viagem para acompanhar a nossa seleção durante as partidas e aproveite para conhecer as principais capitais brasileiras.

Agora que você já conhece os estádios que vão receber a Copa América 2019, que tal dividir este conteúdo com os seus amigos? Compartilhe o texto em suas redes sociais e comece a planejar a sua viagem para assistir aos jogos da nossa seleção!

Deixe um Comentário