Rio de Janeiro

icon-desk-calendar@2x Created with Sketch. Quando ir
icon-desk-mapa@2x Created with Sketch. Como chegar
icon-desk-cama@2x Created with Sketch. Onde ficar
icon-desk-talher@2x Created with Sketch. Onde comer
icon-desk-star@2x Created with Sketch. O que fazer

O Rio de Janeiro atrai turistas de todos os lugares do mundo. Embarque neste texto especial que conta o que há de melhor na cidade maravilhosa. Boa leitura!

Capital alegre, com praia, calor, samba e paisagens deslumbrantes. Tudo isso contribui para atrair a atenção dos visitantes. Contudo, o Rio de Janeiro vai além dessas qualidades. Por lá, os turistas também têm a oportunidade de acompanhar a história rica da cidade e de conhecer lugares inusitados.

Abaixo, vamos explicar tudo sobre o Rio, seus fundadores, principais pontos turísticos e quando é a melhor época para conhecer. Continue a leitura e saiba mais!

História do Rio de Janeiro

A capital carioca é a cara do Brasil. A cidade ocupa uma área de 1.255 km² e abriga brasileiros de todos os estados do país e até moradores de outros continentes que buscam novos horizontes em seu futuro. A seguir, acompanhe alguns dos fatos mais relevantes que compõem a história do Rio.

Do século XVI ao XVIII

O responsável por encontrar a região foi Gaspar Lemos, um português que veio ao Brasil em 1502 em sua expedição. O nome Rio de Janeiro foi dado porque os viajantes acreditavam ter chegado à desembocadura de um rio que, na verdade, era a baía.

Os franceses também chegaram para competir pelo comércio de madeira no local. Com medo de uma disputa territorial, os portugueses instalaram serrarias na região, mas a França revidou e enviou colonos para habitar e explorar a cidade em 1555.

Mesmo com a chegada dos franceses, Portugal conseguiu expulsar a população em 1567 e instalou na região da Baía de Guanabara uma zona portuária estratégica, responsável por enviar para a Europa os produtos exportados, como cana-de-açúcar, madeira e pescados.

Em meados de 1660, o Rio de Janeiro já contava com mais de 8 mil moradores — índios e portugueses. Em 1763, a cidade passou a ser a capital do Brasil. Até então, o posto era ocupado por Salvador, na Bahia.

Do século XIX ao XXI

Em 1808, a família real chegou ao Rio de Janeiro. Essa chegada promoveu a construção de igrejas e palácios, o que movimentou ainda mais a cidade. Na segunda metade do século XIX, as indústrias começaram a aparecer, junto com a iluminação a gás. Além disso, mais de 800 mil pessoas já habitavam a capital.

Entre os anos de 1920 e 1950, a cidade começou a atrair os turistas internacionais com as suas belezas naturais e cassinos. Isso consagrou o Rio de Janeiro nacional e internacionalmente. Em 1960, com a construção de Brasília, o município deixou de ser a capital do Brasil.

Já no século atual, o Rio de Janeiro ficou marcado por ter recebido três grandes eventos esportivos:

  • em 2007, buscando atrair os olhares do mundo e incentivar a prática de esportes no Brasil, sediou os Jogos Pan-Americanos;
  • em 2014, foi palco das principais partidas da Copa do Mundo no Brasil, incluindo o encerramento no Maracanã.
  • em 2016, sediou as Olimpíadas, com direito a uma abertura de tirar o fôlego e que encantou o mundo.

Principal atrativo para os turistas

O Rio de Janeiro oferece todos os tipos de programações e roteiros de viagens que você pode imaginar. A cidade conta com atrações noturnas, diurnas, paisagens deslumbrantes, festas, restaurantes e hotéis para todos os gostos.

Tamanha diversidade de opções e atrações é uma das razões pelas quais a cidade é tão procurada no Brasil por turistas nacionais e internacionais. Portanto, antes de embarcar para o seu passeio, vasculhe tudo o que a capital carioca pode proporcionar para os seus dias de folga.

Sem dúvidas, o Cristo Redentor é um ponto turístico que cativa a todos os visitantes. Mesmo com a alta procura dos turistas, não deixe de visitar um dos principais cartões postais do mundo. É sua chance de ter uma vista incrível da cidade e de ver de perto uma estátua tão importante.

Motivos que tornam o Rio de Janeiro especial

São muitas as razões que fizeram com que a capital carioca se consagrasse como um dos principais destinos no Brasil. Clima quente, que oferece dias de sol durante boa parte do ano, além de praias com paisagens deslumbrantes. Tem como resistir?

Os pontos turísticos são outros atrativos diferenciados para o Rio de Janeiro. São inúmeras opções para todas as idades, gostos e programações. Qualquer pessoa pode visitar a cidade e se apaixonar pela região, sem a preocupação de não ter o que fazer ou conhecer.

Outro ponto que favorece a cidade maravilhosa é a sua história. Como mencionamos, o Rio de Janeiro já foi a capital do Brasil e foi extremamente importante no desenvolvimento do país. A mistura entre construções históricas e edifícios modernos encanta quem gosta de apreciar a evolução da engenharia e da arquitetura.

 

Atrações que não podem faltar no seu roteiro

Agora, separamos uma lista dos lugares que você precisa conhecer em uma viagem para o Rio de Janeiro!

Cristo Redentor

O Rio não seria o Rio sem o Cristo Redentor. Com seus mais de 30 metros de altura e situado no alto do morro do Corcovado, você poderá ver a estátua e uma vista espetacular de toda a cidade. Desde 2012, o Cristo Redentor é considerado pela UNESCO um Patrimônio da Humanidade. É um passeio imperdível para se fazer no Rio.

Pão de Açúcar

Na Urca, está o complexo de morros mais famoso da cidade. O Pão de Açúcar, composto pelo morro homônimo, pelo Morro da Urca e pelo Morro da Babilônia é um dos maiores cartões-postais do Rio de Janeiro e do Brasil. Você pode aproveitar a visita para fazer um passeio de teleférico, que sai da Praia Vermelha. De lá, você verá a cidade do Rio de Janeiro e de Niterói.

Jardim Botânico

O Jardim Botânico é o melhor lugar para quem quer encontrar a paz da natureza no meio da cidade. Com uma quantidade considerável de vegetação, o bairro conta com o próprio Jardim Botânico, o Parque Lage e ainda está próximo da Lagoa Rodrigo de Freitas.

Forte de Copacabana

Localizado na ponta de Copacabana, o Forte de Copacabana é um ótimo passeio para quem quer aproveitar o passeio na cidade para conhecer um pouco mais da história. Construído para proteger a baía de Guanabara, hoje o forte é o Museu Histórico do Exercício e conta com exposições sobre a história da cidade, recebendo dez mil visitantes por mês.

Praia de Copacabana

Como ir ao Rio de Janeiro sem conhecer uma das suas praias mais famosas? A Praia de Copacabana e seu calçadão são pontos obrigatórios para todo turista que estiver passando na Cidade Maravilhosa. Na virada de ano, as areias da praia são tomadas por milhares de pessoas que se juntam para ver os fogos do réveillon.

Maracanã

Um dos principais estádios de futebol da história e também palco de shows e cerimônias como a abertura das Olimpíadas de 2016, o lugar não pode ficar de fora do seu roteiro de viagem. O Maracanã já foi considerado o maior estádio do mundo e é frequentemente usado pelos maiores clubes do Rio de Janeiro. Aproveite para fazer uma visita guiada no museu do estádio!

Melhor época para conhecer o Rio de Janeiro

A sua posição geográfica privilegiada permite que a cidade ofereça temperaturas quentes para os seus moradores e turistas durante todas as estações do ano. Contudo, na hora de decidir quando visitar a capital carioca é preciso analisar as épocas de alta e de baixa temporada.

Durante os meses de verão, que são dezembro, janeiro e fevereiro (incluindo o Carnaval), a cidade fica cheia! Isso significa praias lotadas, turistas do mundo inteiro e pontos turísticos movimentados com filas. Porém, durante essa época, é possível aproveitar mais tempo na praia, uma vez que o sol vai embora mais tarde.

Enquanto na baixa temporada, durante o inverno, as atrações não são tão procuradas e os turistas conseguem aproveitar cada atrativo com mais calma.

Ponto forte da gastronomia no litoral carioca

Assim como a maioria das grandes capitais, o Rio de Janeiro tem uma variedade gigantesca de opções gastronômicas. Desde a culinária brasileira até comidas asiáticas, você consegue encontrar absolutamente de tudo na cidade. Não saia de lá sem provar o mate geladinho com o famoso biscoito de polvilho.

Os bares também chamam a atenção. Há um monte de quiosques na beira da praia, bem como espaços mais reservados. Sendo assim, é possível escolher qual lugar se adéqua mais ao estilo da sua viagem e aproveitar o agradável clima carioca.

Com tantos atrativos, a cidade maravilhosa não pode ficar de fora da sua lista de destinos para conhecer no Brasil, não é mesmo? Além disso, o Rio de Janeiro é considerado um local LGBT friendly, ou seja, a região conta com diferentes espaços para o público que deseja aproveitar os seus dias de férias sem precisar se preocupar!

O que você achou deste texto sobre o Rio? Gostou? Então, continue a visita em nosso blog para saber como aumentar o limite do cartão de crédito e planejar a sua próxima viagem!

Deixe um Comentário