Afinal, o que é hostel?

Provavelmente você já ouviu alguém falar em hostel alguma vez na sua vida. Talvez até pensou que a pessoa quis dizer “hotel” e deixou passar batido. Entretanto, as duas palavras têm significados distintos!

No post de hoje, você finalmente entenderá as principais diferenças entre elas. Descubra o que é hostel e entenda quais são as principais vantagens e desvantagens que ele oferece em uma viagem.

Afinal, o que é hostel?

Hostel é uma acomodação com um custo mais baixo que as opções tradicionais. Por isso, acaba atraindo jovens que viajam com orçamento limitado e é uma alternativa de hospedagem mais descontraída.

Esse conceito nasceu em 1912, quando o professor alemão Richard Schirrmann percebeu que havia poucas opções de estabelecimentos que os estudantes que o acompanhavam em suas saídas de campo pudessem pagar.

Para dar o exemplo, Schirrmann abriu um hostel em Altena, um castelo medieval que havia acabado de passar por uma grande reforma. Esse estabelecimento existe até hoje e você pode se hospedar nele!

Vantagens

Economia

Definitivamente, essa é a principal vantagem de se hospedar em um hostel! Como vários quartos são compartilhados entre os viajantes – ou seja, você reserva uma cama –, o custo cai bastante para todos.

Outra grande vantagem que muitos hostels oferecem é a cozinha compartilhada. Quem quiser economizar um pouco ao longo da viagem pode comprar ingredientes em supermercados e preparar as próprias refeições.

Interação

Os hóspedes dos hostels parecem um pouco mais propensos a interagir. Portanto, essa é uma boa opção para quem tem o costume de viajar sozinho e/ou gosta de socializar.

Aliás, vários hostels promovem festas em suas dependências para estimular a interação. Essa é uma boa oportunidade para conhecer gente nova, saber mais sobre outras culturas e conseguir dicas que não estão em guia algum!

Localização

Claro que isso não é uma regra, mas muitos hostels ficam em centros históricos e distritos boêmios, o que facilita o acesso às principais atrações das cidades onde estão localizados.

Mesmo os que não oferecem esse privilégio se preocupam em garantir alguma vantagem em termos de localização, como a proximidade com pontos de ônibus, estações de trem ou aeroportos, por exemplo.

Desvantagens

Indiscrição

Apesar de serem baratos, quartos compartilhados oferecem pouca privacidade. Isso significa que você precisará conviver com hábitos – muitas vezes desagradáveis – de gente do mundo todo.

Para contornar esse problema, é possível reservar um quarto inteiro para o seu grupo de amigos ou procurar hostels que ofereçam acomodações privativas. Continua a ser mais barato que se hospedar em um hotel.

Barulho

Por mais que seus companheiros de quarto se esforcem, é praticamente impossível fazer qualquer tipo de atividade sem algum barulho, concorda? Então, prepare-se para sons de portas abrindo e fechando o tempo inteiro!

Nesse caso, recorrer a um quarto privativo não garante mais tranquilidade. Hostels que promovem festas ou contam com bares também precisam ser cortados da sua lista, se esse for um grande motivo de incômodo.

Insegurança

Mochileiros têm um código de honra muito particular em relação a segurança. No entanto, isso não impede que algumas pessoas fiquem com medo de deixar seus pertences em quartos compartilhados.

Dificilmente alguém roubará itens de uso cotidiano, como shampoo ou sabonete. Já documentos, dinheiro e eletrônicos podem ser guardados nos armários que os hostels costumam disponibilizar. Basta levar um cadeado.

Agora você já sabe o que é hostel e pode considerar essa possibilidade! Para fazer viagens ainda mais econômicas, acesse o site da MaxMilhas e garanta passagens aéreas com desconto.

Comentários

Deixe um Comentário