Viagens de inverno: 16 destinos que você precisa conhecer

Descubra os destinos mais incríveis para fazer viagens de inverno, de acordo com seu perfil de viajante!

Muito se fala sobre as principais opções de destinos de viagens para o verão, afinal de contas, o Brasil está repleto de belíssimas praias e é bastante natural que esse tema seja tão explorado pelos brasileiros. No entanto, o país também conta com diversas alternativas para uma incrível viagem de inverno.

Por isso, se você é um amante do frio, anime-se: é possível fazer passeios inesquecíveis entre junho e setembro. Além disso, nossos vizinhos da América do Sul também oferecem destinos perfeitos para curtir temperaturas ainda mais baixas e, quem sabe, conferir de perto as belezas da neve.

Pensando nisso, preparamos um post repleto de destinos para você ficar por dentro das melhores opções de viagens de inverno e conhecer suas características e principais pontos turísticos. Vamos lá?

1. Campos do Jordão (SP)

Iniciaremos nossa conversa falando sobre um dos destinos de viagem de inverno mais populares de todo o Brasil: Campos do Jordão. Localizada no estado de São Paulo, a 173 km da capital, a cidade é parte essencial de qualquer listagem sobre opções para o tempo mais frio.

O município, que fica na Serra da Mantiqueira, é considerado uma das 15 estâncias climáticas do estado. Sua arquitetura predominantemente europeia, inspirada nas construções alemãs, é uma das marcas registradas da cidade e confere uma atmosfera ainda mais especial para a viagem.

Entre os principais pontos turísticos da cidade de Campos do Jordão, podemos citar:

  • Parque do Amantikir;
  • Morro do Elefante;
  • Mosteiro de São João;
  • Borboletário Flores que Voam;
  • Casa da Xilogravura;
  • Museu Felícia Leirner;
  • Igreja de São Benedito;
  • Mirante do Lajeado;
  • Fazenda Lenz.

Além de todas essas opções, a cidade conta com passeios para aqueles que gostam de esportes radicais e que apreciam a fina gastronomia. Por conta disso, se torna o destino ideal para diversos perfis de viajantes e um dos melhores lugares para viajar a dois.

2. Petrópolis (RJ)

É difícil imaginar que existam destinos de inverno no estado do Rio de Janeiro, não é mesmo? No entanto, Petrópolis, localizada a 68 km da capital, está em uma região serrana e, portanto, conta com um clima mais frio, com direito a festividades como o Festival de Inverno e a Bauernfest, realizados no mês de julho.

Além dos festivais, Petrópolis é um prato cheio para amantes da história. Conhecida como ‘’cidade imperial’’, foi cenário de diversos capítulos históricos do Brasil. Por conta disso, sua arquitetura é predominantemente colonial e caminhar por suas ruas é uma grande aula para os visitantes.

Conheça algumas das principais atrações dessa cidade:

  • Museu Imperial;
  • centro histórico;
  • Cervejaria Bohemia;
  • Catedral de São Pedro de Alcântara;
  • Orquidário Binot;
  • Parque natural da Serra dos Órgãos;
  • Museu Casa de Santos Drumont;
  • Igreja Luterana de Petrópolis;
  • Cervejaria Itaipava;
  • Castelo de Itaipava;
  • Mirante do Cristo;
  • Museu Casa do Colono.

Como podemos notar, as atrações de Petrópolis envolvem, além da história de nosso país, várias opções de passeios para conhecer a natureza deslumbrante do local, com diversas trilhas e cachoeiras. Além disso, o município é parada certeira para os amantes de uma boa cerveja e da boa comida.

3. Guaramiranga (CE)

Assim como o estado do Rio de Janeiro, o Ceará é conhecido e famoso por suas belas praias e pelo sol que brilha durante quase o ano inteiro. No entanto, o estado nordestino também conta com opções de viagens de inverno, como é o caso de Garamiranga, localizada a 95 km da capital Fortaleza.

O clima serrano possibilita uma experiência completamente única e pouco abordada no estado, com festivais de jazz e blues e uma atmosfera diversificada. A gastronomia também tem grande importância no local, com uma combinação de comidas típicas e influências de outras regiões.

Saiba mais sobre os pontos turísticos de Guaramiranga:

  • Igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição;
  • Mosteiro dos Jesuítas;
  • Sítio São Luís;
  • Parque das Trilhas;
  • Teatro Rachel de Queiroz;
  • Cachoeira do Perigo;
  • Parque Handara;
  • Serra do Baturité;
  • estação ferroviária de Baturité.

O ponto forte do município são as belezas naturais da região, que envolvem paisagens únicas. Por isso, o ecoturismo é uma das principais fontes de renda dessa pequena cidade interiorana, atraindo milhares de turistas todos os anos. Por isso, se você gosta de explorar novos lugares, Guaramiranga é uma ótima opção!

4. Monte Verde (MG)

Também localizado na Serra da Mantiqueira, o distrito de Monte Verde é um dos destinos de inverno mais badalados do Brasil. Ele faz parte do município de Camanducaia, no extremo sul do estado de Minas Gerais e está bem longe da capital Belo Horizonte, a cerca de 470 km.

Por conta de sua posição geográfica, o clima predominante no local é o Tropical de Altitude, o que garante temperaturas médias frias durante todo o ano. O distrito conta com visitas guiadas, mas é possível conferir todas as suas atrações por conta própria e descobrir o ambiente em seu próprio ritmo.

Quer saber quais são os passeios mais populares da região? Veja a seguir:

  • galerias Suíça e Celeiro;
  • Chocolateria Gressoney;
  • Pedra Redonda;
  • Escola Mineira de Falcoaria;
  • Pico Selado;
  • Pedra Partida;
  • Igreja de São Francisco de Assis;
  • Máquina a vapor;
  • Trilha do Pinheiro Velho;
  • Orquidário;
  • Parque Verner Grinberg.

Além dos passeios mais regionais, o local conta com opções para os amantes de adrenalina e para aqueles que preferem uma diversão mais tranquila, sendo uma alternativa viável para agradar a gregos e troianos.

5. Bariloche (Argentina)

O primeiro destino internacional de nossa lista é a famosa Bariloche, cidade localizada na Argentina, mais precisamente na fronteira com o Chile. Rodeado por lagos e montanhas, esse destino é garantia de paisagens inesquecíveis e muita diversão.

É perfeito para realizar uma viagem com crianças, pois permite diversos passeios regados a adrenalina — elas vão poder se divertir e gastar as energias acumuladas durante todo o ano escolar com as práticas de esqui e outros esportes do gênero.

Conheça algumas das mais imperdíveis atrações de Bariloche:

  • Cerro Catedral;
  • Villa la Angostura;
  • Cerro Tronador;
  • Glaciar Negro;
  • Cerro Campanário;
  • Circuito Chico;
  • Catedral de Bariloche;
  • Centro Cívico;
  • Cerro Otto;
  • Galeria Del Sol;
  • Museu do chocolate;
  • Piedras Blancas;
  • Parque nacional Nahuel Huapi.

Vale lembrar que o clima em Bariloche é extremamente frio, com temperaturas que caem facilmente abaixo de 0. Por isso, vá preparado com roupas quentes e não esqueça de proteger as mãos, evitando queimaduras. Além disso, utilize toda a proteção indicada pelos profissionais responsáveis e siga todas as instruções passadas por eles.

6. Vinícolas do Chile

É impossível falar sobre o Chile e não se lembrar das imensas Cordilheiras dos Andes! O país já é conhecido por seu clima frio e é uma das alternativas mais comuns quando falamos sobre viagens de inverno.

No entanto, também é uma opção incrível para os amantes de um bom vinho que querem fazer uma viagem inusitada e temática, focada na degustação dessa bebida. O país é atualmente um dos maiores produtores mundiais e está firmando seu lugar como referência na produção de vinhos.

Algumas das vinícolas mais populares do Chile são:

  • Concha y Toro;
  • Cousiño Macul;
  • Santa Carolina;
  • Santa Rita;
  • Aquitania;
  • Viu Manent;
  • Emiliana.

Todas essas opções estão localizadas próximas à capital, Santiago, o que torna possível aproveitar a viagem para conhecer outros pontos turísticos desse belo país enquanto conhece (e degusta) vinhos deliciosos.

7. Montevidéu (Uruguai)

O Uruguai é conhecido mundialmente por ser uma das nações mais abertas da América do Sul, sendo pioneira em diversas políticas voltadas para as minorias e a legalização de pontos tidos como polêmicos em outros países. Por isso, a sua capital Montevidéu é relativamente segura uma boa opção para mulheres que viajam sozinhas.

Além de seu caráter progressista e moderno, a cidade conta com diversas belezas e atrações para todos os gostos, sendo um destino de viagem de inverno bastante completo.

Quer saber quais são os principais passeios turísticos dessa cidade? Veja a seguir:

  • Auditório Del Sodre;
  • Rambla de Montevideo;
  • Theatre Solis;
  • Palácio Legislativo;
  • Palácio Taranco;
  • Catedral Metropolitana;
  • Iglesia de Las Carmelitas;
  • Museu Municipal das Belas Artes.

Note que Montevidéu é um ótimo destino para amantes das artes e de uma bela arquitetura, e conta com diversas construções históricas. É um passeio imperdível que nos permite conhecer um pouco mais sobre a cultura uruguaia.

8. Gramado (RS)

Localizada na serra do Rio Grande do Sul, Gramado é uma cidadezinha com pouco mais de 30 mil habitantes. O clima é aconchegante e interiorano, combinando muito bem com o frio característico da região.

Apesar de pequeno, o município fornece passeios para todos os gostos e conta com museus, parques e diversos outros tipos de atrações. Além disso, a gastronomia por lá é levada muito a sério, e os restaurantes são de dar água na boca.

Quer aproveitar o próximo feriado e viajar para Gramado? Veja as principais atrações da cidade:

  • Avenida Borges de Medeiros;
  • Mini Mundo;
  • Reino do Chocolate;
  • Parque do Caracol;
  • Snowland;
  • Rua Coberta;
  • Igreja Matriz São Pedro Apóstolo.

Com a lista de pontos turísticos, deu para perceber que Gramado é uma ótima opção não só para casais, como também para famílias com crianças. Sua tradição na fabricação de chocolates e o parque temático Snowland, que conta com neve artificial, são atrações imperdíveis para pessoas de todas as idades.

9. Caldas Novas (GO)

A cidade de Caldas Novas está localizada a 152 km de Goiânia, capital do estado de Goiás. Esse município é, muitas vezes, chamado de ‘’terra das águas quentes’’. Esse apelido já diz muito sobre a principal atração do lugar: as piscinas naturalmente aquecidas (águas termais).

Embora receba muitos turistas durante todo o ano, a cidade ferve quando as temperaturas caem. No entanto, as temperaturas raramente ficam abaixo dos 10ºC, então essa também é uma boa opção para aqueles que não gostam de frio extremo.

Quer saber um pouco mais sobre as belezas e pontos turísticos de Caldas Novas? Tá na mão:

  • Santuário Nossa Senhora da Salette;
  • Igreja Matriz;
  • Parque estadual Serra de Caldas;
  • Lagoa quente de Pirapitinga;
  • Lagoa Termas Parque;
  • Cachaçaria Vale das Águas Quentes;
  • Water Park;
  • Hot Park;
  • Jardim japonês;
  • Monumento das Águas.

Além das piscinas e das belezas naturais do local, podemos citar atrações como as feirinhas ao ar livre e a vida noturna da cidade, que é bastante agitada. Por isso, o destino também é uma alternativa bacana para o público mais jovem.

10. Nova Friburgo (RJ)

A cidade de Nova Friburgo é considerada a mais fria do estado do Rio de Janeiro. Localizada a cerca de 135 km da capital, é bastante comum que os termômetros marquem temperaturas abaixo dos 10ºC durante os meses de junho, julho e agosto.

Seu nome é inspirado na cidade de Friburgo, que fica na Suíça, e toda a arquitetura do local é baseada nesse país. O local é extremamente romântico, mas também pode receber toda a família para passeios em meio à natureza da região serrana.

Quer saber quais são os pontos turísticos mais famosos do local? Vamos lá!

  • Pico da Caledônia;
  • Apiário Amigos da Terra;
  • Casa Suíça;
  • Praça do Suspiro;
  • Praça Getúlio Vargas;
  • Parque São Clemente;
  • Pavilhão das Artes;
  • Catedral São João Batista;
  • Jardim do Nêgo;
  • Colégio Anchieta;
  • Memorial da Colonização Suíça.

Nova Friburgo é o destino certeiro para aqueles que querem aproveitar o friozinho enquanto aprendem um pouco mais sobre a história de uma das colonizações ocorridas no Brasil, entram em contato direto com a natureza e aproveitam atrações inusitadas, como o passeio de teleférico da Praça do Suspiro.

11. Canela (RS)

Vizinha de Gramado, a cidade de Canela também está localizada na serra do Rio Grande do Sul, em uma área conhecida como Região das Hortênsias. A razão para isso, é claro, se deve à presença marcante das belas flores por todo o município.

A natureza da cidade é exuberante, mas também não ficam atrás as belíssimas construções, como é o caso da Catedral de Pedra. Essa paróquia é inspirada no estilo gótico inglês, que combina com o clima europeu da região.

Sem mais delongas, fique por dentro das atrações mais famosas da cidade de Canela:

  • Catedral de Pedra;
  • Estação Sonho Vivo;
  • Alambique Flor do Vale;
  • Alpen Park;
  • Museu da Moda;
  • Laje de Pedra;
  • Eco parque Sperry;
  • Parque das Sequóias;
  • Parque Vale da Ferradura;
  • Cervejaria do Farol;
  • Parque Terra Mágica Florybal.

Embora muitos vejam os destinos de viagem de inverno como lugares exclusivos para casais, com tantos parques e atrações temáticas, fica evidente que Canela também é um ótimo destino para levar crianças e se divertir em família.

12. Bento Gonçalves (RS)

Os amantes de um bom vinho e de comida de qualidade encontrarão o seu lugar em Bento Gonçalves. O município, localizado a 109 km de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, sofreu grande influência da colonização italiana em sua formação.

O clima da região é categorizado como subtropical úmido, o que indica verões mais quentes e invernos rigorosos. Por isso, são comuns as geadas e temperaturas abaixo dos 10ºC na região.

Mas afinal, o que podemos visitar em uma cidade como Bento Gonçalves? Saiba mais:

  • Vale dos Vinhedos;
  • Caminhos de Pedra;
  • Igreja matriz de Cristo Rei;
  • Vale do Rio das Antas;
  • Mirante Cascata dos Amores;
  • Museu do Imigrante;
  • estação ferroviária de Garibaldi.

Boa parte do passeio para Bento Gonçalves está pautado na história do local e na apreciação da maior produção da cidade: os vinhos. Por isso, se você gosta de uma boa gastronomia e do clima serrano, essa é a opção ideal de viagem de inverno para você.

13. Cunha (SP)

Uma das cidades menos conhecidas de nossa lista, Cunha está localizada a 225 km da capital do estado de São Paulo. O pequeno município, de pouco mais de 20 mil habitantes, é considerado uma estância climática e tem relevância histórica para a região.

No entanto, o principal atrativo da cidade está em sua atmosfera romântica e acolhedora, servindo como um verdadeiro refúgio serrano para casais de cidades vizinhas e de todo o Brasil.

Veja quais são os principais pontos turísticos dessa linda cidade paulista:

  • Lavandário;
  • Pedra da Macela;
  • Cervejaria Wolkenburg;
  • ateliês de cerâmica;
  • Cachoeira do Pimenta;
  • Cachoeira do Jericó;
  • Parque estadual Serra do Mar.

Já deu para perceber que o ecoturismo está em alta em Cunha, certo? A cidade é perfeita para pessoas que curtem trilhas, cachoeiras e paisagens de tirar o fôlego em uma atmosfera bucólica e intimista.

14. São Joaquim (SC)

É impossível elaborar uma lista sobre viagens de inverno e não citar a famosa São Joaquim. A cidade, que está localizada a 210 km de Florianópolis (capital de Santa Catarina), é figurinha carimbada quando falamos sobre temperaturas frias em território brasileiro.

O município é também um dos mais altos de nossa lista: está situado a 1360m acima do nível do mar. Por isso, se prepare e leve roupas bem quentes, especialmente durante os meses de junho e julho, quando os termômetros comumente marcam cerca de 5ºC.

Quer saber o que é possível fazer nesse friozinho?

  • Igreja matriz de São Joaquim;
  • Estação experimental de Epagri;
  • Praça João Ribeiro;
  • Mirante dos Pinheiros;
  • Belvedere;
  • Vinhedos do Monte Agudo;
  • Snow Valley;
  • Cascata Véu de Noiva;
  • Museu histórico municipal São Joaquim Chateaubriand.

Além das atrações naturais e culturais, São Joaquim tem tradição na produção de vinhos. São diversas vinícolas espalhadas pela cidade, onde a degustação traz experiências únicas aos amantes dessa bebida.

15. Lavras Novas (MG)

Lavras Novas é um dos melhores destinos para quem quer viajar barato e ainda assim conhecer um lugar inesquecível. O distrito de Ouro Preto (Minas Gerais), está localizado a cerca de 100 km da capital Belo Horizonte e situado em meio a montanhas exuberantes.

A topografia diferenciada é, sem dúvida, um dos pontos fortes do local. É difícil chegar em Lavras Novas e não se surpreender com a paisagem magnífica que as cadeias montanhosas formam. Além disso, o local é um dos melhores destinos para quem gosta de andar de bicicleta e conta com diversas cachoeiras e muitas opções de ecoturismo.

Quer saber quais são os principais pontos turísticos dessa região? Veja:

  • Cachoeira de Rapel;
  • Cachoeira dos Namorados;
  • Represa do Custódio;
  • Cachoeira Três Pingos;
  • Igreja Nossa Senhora dos Prazeres;
  • Estrada Real;
  • Mirante da Pedra;
  • Parque estadual de Itacolomi;
  • Museu Casa dos Inconfidentes.

Lavras Novas é a cidade perfeita para você que busca um belo cenário para descansar e entrar em contato com a natureza. Além disso, sua proximidade com outras importantes cidades mineiras torna a localização privilegiada e permite a exploração de outros municípios sem a necessidade de comprar passagens aéreas.

16. Bonito (MS)

Se a sua intenção é se encantar com um dos lugares mais bonitos (como o próprio nome já indica) do Brasil, Bonito é o destino certo para você.  Essa cidade é famosa mundialmente por suas paisagens realmente inacreditáveis, com águas cristalinas e biodiversidade riquíssima.

Localizado no Mato Grosso do Sul, esse município é a pedida perfeita para quem busca aventuras e gosta de passeios ousados e diferentes. Por aqui, o mergulho é praticamente obrigatório e você se verá em lugares que jamais pensou visitar antes, como o interior de cavernas e grutas.

Ficou interessado? Então, conheça alguns dos principais pontos turísticos dessa belíssima região:

  • Gruta do Lago Azul;
  • Recanto ecológico Rio da Prata;
  • Lagoa Misteriosa;
  • Abismo Anhumas;
  • Parque ecológico Rio Formoso;
  • Estância Mimosa Ecoturismo;
  • Aquário Natural;
  • Parque Nacional Serra da Bodoquena.

Além da prática de espeleologia (nome dado ao estudo de cavernas e outras estruturas do gênero), Bonito serve como um refúgio da cidade grande, proporcionando uma inconfundível paz interior para seus visitantes, que se conectam com a natureza e com eles mesmos de forma renovadora.

Se animou com as dicas de destinos para sua viagem de inverno apresentadas neste post? Então, chega de enrolação! Comece ainda hoje a planejar a sua próxima aventura e arrume as malas (não se esqueça do casaco, do gorro e das luvas), pois o inverno está aí!

Comentários

Deixe um Comentário